Terror das organizações criminosas, Moro já isolou 307 bandidos de facções em presídios federais

Segundo a Revista VEJA, em dez meses, Sergio Moro virou o terror das facções criminosas. Em números atuais, o ministro já isolou 307 bandidos de facções em presídios federais. Alguns a pedido de governos estaduais, a exemplo de São Paulo. Segundo a VEJA, este número é um recorde de bandidos isolados.

As transferência e isolamentos dos líderes e de facções tem sido feitas sem muito alarde, a não ser – é claro, de criminosos como Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, chefe máximo do Primeiro Comando da Capital (PCC), que foi transferido por Moro para outro presídio federal, logo no inicio da Gestão Bolsonaro.

Fonte: República de Curitiba