Elenil sobe o tom e pede resposta do governo sobre falta de medicamentos nos hospitais

Na assembleia, a última sessão legislativa de outubro foi marcada pela cobrança de melhores condições para a Saúde do Estado. O deputado Elenil da Penha (MDB) usou a tribuna da Casa de Leis para pedir medicamentos aos hospitais de grande porte do Tocantins. Em abordagem específica sobre o Hospital Geral de Araguaína, Elenil listou o que ele chamou de “itens de primeira necessidade” que estariam em falta nas unidades. Álcool, xilocaína e luva, entre outros medicamento e insumos, foram citados pelo deputado.

O parlamentar afirmou ter encaminhado emenda no valor de R$ 1 milhão para a Saúde,  e foi orientado pela Sesau a destinar o valor para a compra de ambulâncias, já que insumos e medicamentos seriam providos pela verba do governo Federal. Porém, como os relatos de falta de medicamentos não param de chegar, o deputado cobrou: “estou aguardando a presença do secretário de Saúde nessa Casa para prestar esclarecimentos”.

Ainda exigindo um posicionamento do Estado, Elenil disse que diversas vezes votou “matérias de desgaste para que nós tenhamos boa governança. Eu Elenil aqui tenho dado condições do governo propiciar resposta com ações para a sociedade”.

“Eu nem falo do atendimento nos corredores, eu falo da falta de condições, do desespero do profissional na falta do medicamento de primeira necessidade. O que fazer um profissional que não tem o medicamento para responder a um paciente que precisa e se não for medicado, morre ?”, ponderou.

Da Redação

O discurso de Elenil se inicia aos 26min do vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *