Para deputada, CPI das Fake News deve ter rigor com sites de esquerda

A deputada federal Caroline De Toni (PSL-SC) disse, em suas redes sociais, nesta terça-feira (5), que a CPI das fake news deve ter “rigor” com os sites de esquerda.

– A CPI da Censura abriu o precedente de quebra de sigilo telefônico, bancário e fiscal do Allan Santos e da empresa Terça Livre. O mesmo rigor tem que ser dado aos sites de esquerda que foram financiados com recursos públicos, defendiam o PT e atacavam seus adversários – disse a parlamentar.

Caroline De Toni, em outra publicação, chamou o momento de “CPI da Censura” e afirmou que não pode “permitir a censura das redes sociais, a censura da imprensa e um 3º turno presidencial”.

– Quando é de esquerda, é influenciador digital. Quando é de direita, é miliciano digital. Hoje, com o Allan Santos, a CPI da Censura mostrou o quanto são ridículas essas insinuações. É natural que várias pessoas reclamem de determinado assunto que é destaque no dia – afirmou a deputada federal.

Fonte: Pleno News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *