Universitários tem até 23h59 de hoje para fazer inscrição e concorrer a R$ 5.000,00

São 24 horas a mais de oportunidade aos estudantes que iniciaram a graduação no Brasil em 2019 que queiram se inscrever no Prêmio Capes Talento Universitário e concorrer a R$ 5 mil. A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pela premiação, prorrogou o prazo para as 23h59 desta quarta-feira, 13 de novembro.

Ao todo, mil estudantes com os melhores desempenhos em uma prova de conhecimentos gerais serão premiados. São, portanto, R$ 5 milhões no certame. Podem participar alunos de instituições públicas, privadas ou militares, independentemente de cursarem modalidades presencial ou a distância.

Para se inscrever, o estudante deve ser brasileiro e ter iniciado a graduação em 2019. Também precisa ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 ou 2018.

Inscrição 

A inscrição é feita pelo portal do Prêmio, na internet. Na página, é preciso clicar em “Primeiro acesso do candidato” e, em seguida, informar CPF, data de nascimento e e-mail pessoal. Após o procedimento, uma senha será criada e enviada ao e-mail informado.

Inscrições no site foram prorrogadas.

O cadastro serve para o participante acessar o protocolo de participação, a confirmação da inscrição e saber o local de prova. As informações vão auxiliar na preparação logística.

O interessado não pode ter débito, de qualquer natureza, com a Capes, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) ou outras agências ou instituições de fomento à pesquisa.

Prova 

A Capes aplicará, na tarde de 8 de dezembro, uma prova de 80 questões de múltipla escolha de conhecimentos gerais. Sessenta municípios brasileiros, localizados nas 27 unidades da Federação, participam. A banca organizadora é a Cesgranrio.

O resultado será divulgado no primeiro semestre de 2020. Além de valorizar e premiar os melhores estudantes, o Prêmio Capes Talento Universitário vai subsidiar estudos e pesquisas da Capes para a formulação de políticas públicas para a educação superior.

Fonte: Ministério da Educação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *