Cresce mobilização pelo impeachment de Gilmar Mendes: Manifestação marcada para 17/11

O grau de repulsa dos brasileiros à atual composição do Supremo Tribunal Federal chegou ao ponto de máxima intensidade após decisão da corte que proibiu cumprimento de pena após condenação em segunda instância. Esta decisão beneficiou milhares de condenados, entre eles o chefe petista. Essa indignação ficou expressa em manifestações de protesto ocorridas no último sábado (09/11) em várias cidades do País.

O alvo principal da indignação dos brasileiros com a suprema corte é o ministro Gilmar Mendes. Inimigo declarado da Lava Jato, o ministro usa de matérias do site The Intercept, elaboradas a partir de mensagens privadas roubadas de agentes públicos da justiça federal, para justificar seus votos. Defende a anulação do processo de Lula, e coloca-se como inimigo declarado do ministro Sérgio Moro, a quem se refere em suas declarações em termos pejorativos.

Formou-se em período recente, o entendimento de que o problema que a atual composição do STF representa para o País, somente poderá ser resolvido com o afastamento por meio de impeachment de seus integrantes. E o impeachment do ministro Gilmar Mendes, por encarnar a faceta do STF que mais está em flagrante conflito com as aspirações da maioria dos brasileiros, tornou-se a prioridade.

A partir desse entendimento, diversos movimentos de rua decidiram convocar para o próximo dia 17/Nov manifestações em todo o País, cuja pauta única é pelo impeachment de Gilmar Mendes. O pedido de impeachment do ministro já foi elaborado pelo jurista Modesto Carvalhosa, e encontra-se na mesa do presidente do Senado Federal, David Alcolumbre.

Cabe agora ao senador David Alcolumbre colocar esse pedido na pauta do Senado Federal e dar andamento, nos termos previstos pela Constituição e pela Lei 1.079/50, a lei do impeachment, para que o processo seja aberto e Gilmar Mendes seja imediatamente afastado de suas funções no Supremo Tribunal Federal, enquanto o plenário do Senado decide pelo afastamento definitivo.

Nesse sentido, as manifestações marcadas para 17/Nov servirão como forma de pressão política legítima e democrática para que David Alcolumbre cumpra seu papel, coloque o pedido de impeachment de Gilmar Mender em pauta e dê andamento ao processo nos termos previstos em lei.

Estas manifestações contam com total apoio e endosso do Crítica Nacional, que recomenda a seus leitores aderirem e delas participarem. 

Fonte: Crítica Nacional

11 thoughts on “Cresce mobilização pelo impeachment de Gilmar Mendes: Manifestação marcada para 17/11

  1. O Povo Brasileiro não pode mais conviver com esse mai caráter.
    Temos que , juntos, com a nossa força remover esse câncer do País.
    Vá prá Portugal e fique para sempre !!!
    O Brasil repudia sua presença.

  2. Patriotas Vamos parar esse Brasil !!! O governo está em um cabo guerra , puxa para lado e os bandidos de torga para outro lado “podre” Até que esses bandidos renunciam . O Brasil não pode continuar com esses bandidos na corte . É bizarro que ainda temos chama -lós de Vossa :Excelência !!! O povo não percebem que estão destruindo o Brasil , lei de abuso de alteridades, acabaram com pressão segunda instância. O estamos esperando o que ?????

    1. Vá vc seu besta entra e sai político e ninguém faz nada pelos mais pobres , esse outro babaca entrou só fale corte em armas

  3. Nunca fui em manifestações dessa natureza, mas dessa vez eu vou. Se removermos esse mau caráter equilibraremos no mesmo momento os votos no STF e no ano que vem, com a aposentadoria do Melo que mela, teremos maioria. Pressão máxima sobre senadores e deputados!

  4. Temos que reduzir a idade de permanência dos ministros de 75 para 65 anos , e estou de acordo com impeachment de Gilmar Mendes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *