Praias do Piauí estão livres de óleo. Confira os locais que ainda possuem manchas

O Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado pela Marinha do Brasil (MB), Agência Nacional de Petróleo (ANP) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), informou, neste domingo (17), que um helicóptero (UH-12) sobrevoou o litoral do Piauí e não foram identificados vestígios de óleo na água. Na noite deste domingo, o Navio-Patrulha (NPa) “Guanabara” chegará à região do Delta do Parnaíba-PI para reforçar as ações de busca e recolhimento de resíduos oleosos no mar.

A nota informou, também, que os estados do Ceará, Paraíba, Sergipe e Pernambuco estão com as praias limpas. As seguintes localidades permanecem com vestígios de óleo, com ações de limpeza em andamento: Araioses e Tutóia, no Maranhão; Luís Correia, Ilha Grande e Parnaíba, no Piauí; Maxaranguape e Natal, no Rio Grande do Norte; Barra de São Miguel e Japaratinga, em Alagoas; Maraú, Igrapiúna, Jandaíra, Conde e Esplanada, na Bahia; Conceição da Barra, Linhares, Aracruz e São Matheus, no Espírito Santo.

Até o momento, atuam nessa operação 5.298 militares da MB, 22 navios, sendo 21 da MB e 1 da Petrobras, 3 aeronaves, sendo 1 da MB, 1 da Força Aérea Brasileira (FAB) e 1 da Petrobras, além de 29 viaturas e 252 militares do Exército Brasileiro (EB), 6 militares da Força Aérea Brasileira (FAB), 68 servidores do Ibama, 55 do ICMBio, 3.873 da Defesa Civil e 440 funcionários da Petrobras.

De acordo com o levantamento feito pelo Ibama, foram contabilizadas, aproximadamente, 4.500 toneladas de resíduos de óleo retirados das praias nordestinas, até o dia de hoje. A contagem desse material não inclui somente óleo, mas também é composta por areia, lonas e outros materiais utilizados para a coleta. O descarte é feito pelas Secretarias de Meio Ambiente dos Estados.

Fonte: Agência de Notícias do Turismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *