Deputados federais fiéis a Bolsonaro são suspensos pelo PSL. Confira os nomes

A Executiva Nacional do Partido Social Liberal (PSL) anunciou punição a 19 deputados federais que se posicionarem ao lado do presidente Jair Bolsonaro na disputa pelo controle do partido ocorrida no mês de outubro. A sanção imposta aos deputados da ala bolsonarista foi a suspensão das atividades partidárias, com consequente perda de lideranças, vice-lideranças e cadeiras em comissões temáticas não eletivas.

Conforme a decisão, estão suspensas as atividades partidárias de Alê Silva por 12 meses, Bibo Nunes por 12 meses, Bia Kicis por 6 meses, Carla Zambelli por 6 meses, Carlos Jordy por 7 meses, Daniel Silveira por 12 meses, Eduardo Bolsonaro por 12 meses, General Girão por 3 meses, Filipe Barros por 6 meses, Junio Amaral por 3 meses, Luiz Philippe de Órleans e Bragança por 3 meses, Márcio Labre por 6 meses, Sanderson por 10 meses e Vitor Hugo por 7 meses.

Já os deputados Aline Sleutjes, Chris Tonietto, Hélio Lopes e Coronel Armando receberam advertência.

3 thoughts on “Deputados federais fiéis a Bolsonaro são suspensos pelo PSL. Confira os nomes

  1. Não conseguimos entender como um partido que houve “buchas femininas” para alavancar $ para onde o presidente do PSL é o mentor dessa armação e fica impune. Onde está o TSE ? A prática desses partidos é colocar como réus os que não concordam com a decisão do Cacique Bivar. RÉGUA NÃO! !!

  2. Os fiéis expulsos, e/ ou não…. QUE SÃO FIÉIS AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, BOLSONARO, poderão se filiarem ao novo partido, sòmente os FICHAS LIMPAS DE TODO BRASIL. Queremos um PARTIDO GIGANTE. para LEGISLAR COM QUALIDADE, O NOSSO QUERIDO BRASIL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *