A um passo do Nobel da Paz, Trump anuncia proposta de acordo entre israelenses e palestinos

O presidente americano Donald Trump revelou nesta terça-feira (28) o seu “Acordo do Século” para solucionar o conflito entre israelenses e palestinos no Oriente Médio.

No discurso, Trump relembrou o reconhecimento de Jerusalém como capital israelense e das colinas de Golã como território de Israel, duas decisões que desagradaram o povo palestino. “Portanto, é razoável que eu tenha de fazer muito para os palestinos, ou não seria justo”, disse o norte-americano.

“A capital soberana do Estado da Palestina deve estar na seção de Jerusalém Oriental, localizada em todas as áreas leste e norte da barreira de segurança existente, incluindo Kafr Aqab, a parte oriental de Shuafat e Abu Dis, e pode ser chamada de Al Quds ou outro nome, conforme determinado pelo Estado da Palestina”, disse o presidente americano.

Trump chegou a um entendimento com Israel sobre um mapa estabelecendo fronteiras para a implantação dos dois estados. Segundo ele, o mapa deixara claro os “sacrifícios territoriais que Israel está disposto a fazer pela paz”.

O plano mais que dobrará o território palestino e nenhum palestino será arrancado de sua casa, disse Trump. Além disso, ele disse que, embora Israel mantenha o controle de Jerusalém, o status quo permanecerá no Monte do Templo e “o papel histórico e especial do rei da Jordânia” em relação aos santuários muçulmanos em Jerusalém será preservado.

O presidente disse ainda que, se os palestinos optarem por aceitar o plano, cerca de US $ 50 bilhões serão injetados neste novo estado palestino.

Com informações de The Jerusalem Post

2 thoughts on “A um passo do Nobel da Paz, Trump anuncia proposta de acordo entre israelenses e palestinos

  1. I’m still learning from you, while I’m improving myself. I absolutely enjoy reading all that is written on your site.Keep the stories coming. I liked it!

Comments are closed.