Nicolás Maduro mantém células terroristas do Hezbollah em território venezuelano

O governo dos EUA reiterou a denúncia de que o regime de Nicolás Maduro mantém membros do grupo terrorista Hezbollah dentro do território venezuelano. A informação é da rede venezuelana NTN24.

A porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Morgan Ortagus, conclamou as nações amigas a declararem o Hezbollah como uma organização terrorista, alertando que eles só têm más intenções com os Estados Unidos e seus aliados. 

“O Hezbollah é uma ameaça viva e é importante que todos os países da região sigam a iniciativa da Colômbia e da Argentina, entre outros. Eles devem considerar o Hezbollah como uma organização terrorista”, disse Ortagus

A porta-voz disse estar focada em denunciar a proteção de Maduro a grupos terroristas. “Sabemos que Maduro e seus comparsas estão tentando prover um refúgio seguro para o Hezbollah, o ELN e outras organizações terroristas. No momento, estamos focados em denunciar o comportamento do regime de Maduro em permitir que terroristas tenham um porto seguro”, acrescentou. 

Com informações de NTN24.