Moro dá resposta a Ciro Gomes sobre situação do Ceará

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi enfático em suas redes sociais na manhã desta segunda-feira (2) ao responder um ataque de Ciro Gomes, que o chamou de “capanga” ao falar sobre a crise no setor de segurança do Ceará.

Em uma série de mensagens no Twitter, o chefe da pasta de segurança disse que a exploração política do acontecimento só atrapalhou a resolução, mas que, “apesar dos Gomes”, a situação foi resolvida. Na noite de domingo (1°), os policiais militares votaram por encerrar a paralisação que durou 13 dias.

– A crise no Ceará só foi resolvida pela ação do Governo Federal, Forças Armadas e Força Nacional que protegeram a população e garantiram a segurança. Explorar politicamente o episódio, ofender policiais ou atacá-los fisicamente só atrapalharam. Apesar dos Gomes, a crise foi resolvida – escreveu.

Moro também lembrou que o governo do presidente Jair Bolsonaro já prestou apoio ao Ceará em outras ocasiões relacionadas à segurança e que nunca esteve ausente quando o estado necessitou.

– Em janeiro de 2019, o Governo Federal, desta vez pela Força Nacional, força de intervenção penitenciária, PF e PRF, já havia atuado no Estado do Ceará para, junto com as forças locais, debelar os atentados dos grupos criminosos organizados. O Governo Federal não falta ao Ceará – completou.

Fonte: Pleno News