Exame molecular dá negativo para morte atribuída ao coronavírus no DF

A Secretaria de Saúde do Governo do Distrito Federal informou hoje (28)  que o caso divulgado na noite de ontem (27) como sendo a primeira vítima do novo coronavírus (covid-19) no DF testou negativo em exame definitivo realizado pelo Laboratório Central (Lacen), em segundo teste molecular para detecção de SAR-COV2 por reação de PCR em tempo real utilizando o protocolo Berlim.

A vítima, um homem de 46 anos, morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho. Ele tinha hipertensão e diabetes.

Segundo a secretaria, “o desencontro de informações ocorreu em virtude da indicação de suspeita da doença no atestado de óbito que, por si só, não confirma a causa da morte.”

Ainda segundo a Secretaria de Saúde, o Distrito Federal continua sem nenhum óbito registrado até o momento 

4 thoughts on “Exame molecular dá negativo para morte atribuída ao coronavírus no DF

  1. O povo tem que começar a trabalhar, pois do contrário às consequências serão piores no futuro. Cuidado especial com pessoas com idade avançada e com doenças crônicas. O povo tem que entender que a mídia já está contaminada e se ficarmos em casa essa mídia podre que temos aí irá contaminar os demais. Que Jesus proteja a todos nós e principalmente o presidente, equipe e as pessoas que estão ao seu lado que querem o bem do BRASIL.

  2. Luladrao preso/solto, Sarney, FHC, LOUCA e temer , deveriao estar em casa. São idosos Restam os riscos do chinês 19.

  3. Esses bandidos de colarinho branco só vão sussegar,quando virem o Brasil igual a venezuela.pois os planos que eles articularam foram frustados nas urnas.

Comments are closed.