Gurupi contará com um Centro de Transbordo para minimizar os impactos ambientais

Em Gurupi existe uma prática antiga que não é cologicamente correta. Muitos moradores quando estão realizando alguma reforma em casa tem o hábito de descartar à porta da residência os materiais inutilizados da construção civil; outros quando realizam uma poda, também descartam dessa forma as galhadas. Para minimizar os impactos ambientais desses hábitos, a Prefeitura de Gurupi vai implantar o Centro de Transbordo que vai receber esse tipo de resíduos para em seguida ter o descarte correto. Na última segunda-feira, 03, a Prefeitura assinou o contrato com a empresa Cleiton Gusmão Ramos Eireli para implantação desse Centro de Transbordo. O contrato terá vigência de 210 dias a partir da assinatura, sendo 120 dias para a construção da obra e 90 dias para o recebimento definitivo.

Conforme o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Domingos Tavares, o local escolhido para implantar o Centro de Transbordo é na saída para Dueré, que receberá os resíduos que seriam  descartados pela comunidade de forma incorreta. Conforme ele, haverá os contêineres para receber os resíduos de construção civil, resíduo reciclável e galhadas. Não será descartado nesse local resíduos domésticos e nem hospitalares, que já são coletados e descartados corretamente.  

A função do Centro de Transbordo é receber de forma temporária o material coletado e fazer o descarte de maneira adequada, minimizando o descarte irregular. Os materiais serão descartados de forma separada em contêineres específicos para cada tipo de material, com isso diminuindo os impactos ambientais.

Para o prefeito Laurez Moreira, essa é uma medida que vai colaborar ainda mais para o desenvolvimento sustentável de Gurupi e pede para que os moradores adotem esse novo hábito.

Fonte: Secretaria da Comunicação