Trump é indicado ao Prêmio Nobel da Paz após acordo entre Israel e Emirados Árabes Unidos

O presidente dos EUA, Donald Trump, foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz por seus esforços para chegar a um acordo de paz entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, informou a Fox News na manhã desta quarta-feira (9).

Christian Tybring-Gjedde, membro do parlamento norueguês e presidente da Assembleia Parlamentar da OTAN, apresentou a indicação.

Tybring-Gjedde já havia apresentado uma indicação de Trump para receber o Prêmio Nobel da Paz em 2018 por sua cúpula em Cingapura, que recebeu Kim Jong Un. “Por seu mérito, acho que ele fez mais tentativas para criar a paz entre as nações do que a maioria dos outros indicados ao Prêmio”, disse.

Além do acordo Israel-Emirados Árabes Unidos, a carta de idicação ao Comitê do Nobel cita o “papel fundamental de Trump em facilitar o contato entre partes em conflito … como a disputa de fronteira da Caxemira entre a Índia e o Paquistão, e o conflito entre a Coréia do Sul e do Norte”.

No entanto, o parlamentar disse que não é um apoiador de Trump. “O comitê deve examinar e escolher com base nos fatos – não na maneira como ele às vezes se comporta”, continuou. 

“As pessoas que receberam o Prêmio da Paz nos últimos anos fizeram muito menos do que Donald Trump. Por exemplo, Barack Obama não fez nada”, disse ele à Fox News , referindo-se ao Prêmio Nobel da Paz do ex-presidente dos EUA Barack Obama em 2009 por, de acordo com o Comitê do Nobel, seus “esforços extraordinários para fortalecer a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos.

Fonte: The Jerusalem Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *