‘Mundo errou ao defender que pacientes esperassem falta de ar’. Bolsonaro estava certo

Nesta segunda-feira (14), o secretário de Saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins, afirmou que o mundo inteiro “errou” com as medidas iniciais de enfrentamento ao coronavírus ao determinar que pacientes só fossem ao hospital caso sentissem falta de ar. A declaração foi dada durante uma entrevista coletiva.

Para Carlos Roberto Martins, o Dr. Cabeto, o erro foi cometido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos (EUA).

“Eu acho que o mundo inteiro pautou uma coisa chamada ‘não vá ao hospital, espere ter falta de ar’, e a gente viu no decorrer da evolução, acho que o mundo errou, o CDC errou, a OMS errou. É preciso que se diga claramente”, apontou.

O secretário afirmou ainda que, duranrt a pandemia, ficou provado que o tratamento precoce era mais eficaz.

“A gente viu que, quando esse doente chega mais precoce, você melhora a qualidade da estratificação do risco, melhora o resultado do tratamento. Acho que essa forma de comunicar poderia ter sido melhor”, destacou.

As declarações do secretário foram comentados pelo presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira (15), que lembrou que milhares de vidas poderiam ter sido salvas.

“Dezenas de milhares de vidas poderiam ter sido salvas se essas pessoas tivessem humildade, e reconhecessem que é o médico quem receita o que deve ser prescrito ao paciente (Hidroxicloroquina ou outro medicamento)”, apontou Bolsoanro.

4 thoughts on “‘Mundo errou ao defender que pacientes esperassem falta de ar’. Bolsonaro estava certo

  1. Faltou humildade ou boa fé pra dizer que o mundo errou mas somente nosso presidente acertou. Mas a esquerda no Brasil é assim: se Bolsonaro falou, mesmo que salve milhares de pessoas, são contra.

  2. É muito triste saber que profissionais da saúde se deixaram levar por uma organização, OMS sendo que em diversos lugares, médicos de interior se não tem melhoram indicam novalgina.

  3. Milhares de pessoas se foram por ignorância da ciência e por politizarem uma questão de saúde. Lamento pelas famílias que perderam seus entes queridos e sequer puderam ir ao velório. Pena que a humanidade ainda esteja nesta fase. Mundo, vasto mundo, oriente-se pelo bem da comunidade.

  4. O País não errou. Digo, o povo brasileiro conciente e entendido, Nãoo Errou.
    Quem errou foram os incompetente gestores Públicos esquerdistas tipo Governadores e Prefeitos, alguns Vereadores assim com Ministros da Saúde , alguns secretários da Saúde e alguns Cientistas que aproveitaram a ocasião para desvio de verba.
    O povo já tinha aceitado e concordaram com a posição do Presidente Jair que estava certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *