Salvador reabre praias

A Guarda Civil Municipal (GCM) montou um esquema especial de fiscalização que entra em vigor a partir desta segunda (21), quando se inicia a reabertura gradual das praias da cidade. A operação se estende por 50km de orla, envolvendo 60 agentes, 12 viaturas e 6 motos, com intuito de monitorar o cumprimento dos protocolos fixados pela Prefeitura para garantir a segurança sanitária dos banhistas. As praias estavam fechadas há seis meses como medida contra a proliferação da Covid-19.

Com exceção das praias de São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Itapuã e Amaralina, que reabrem para o público de terça a sexta, e as do Porto da Barra, Buracão e Paciência (as duas últimas no Rio Vermelho), que ainda permanecem fechadas, as demais podem receber normalmente os banhistas sempre de segunda a sexta. Não há restrição de horário, e o uso nos finais de semana e feriados está proibido. Essa estratégia de liberar algumas praias em determinados dias e manter outras fechadas visa impedir aglomerações.  

Entre as regras do protocolo setorial estão o uso obrigatório de máscara (só pode tirar no momento do banho) e a proibição da utilização de cadeiras, sombreiros, caixas térmicas, instrumentos musicais e equipamentos sonoros, bem como a comercialização de produtos. Os comerciantes informais e barraqueiros que costumam trabalhar na faixa de areia continuam isentos de taxas municipais e recebendo o auxílio de R$270 da Prefeitura.   

O distanciamento social entre os frequentadores deve ser 1,5m. No momento do banho, essa distância deve ser de 2m. A prática de atividades esportivas está liberada de forma individual ou em dupla – as que envolvam mais pessoas e/ou provoquem contato físico, a exemplo do tradicional “baba”, estão proibidas. Não será permitida nenhum tipo de atividade que gere aglomeração, a exemplo de piqueniques, luaus e eventos. 

Apoio da população – De acordo com o diretor de Segurança Urbana e Prevenção à Violência da Prefeitura, Maurício Lima, será fundamental que a população contribua respeitando as normas estabelecidas no protocolo. “Nossas equipes estão bem orientadas a atuar para garantir o respeito às regras, mas estamos contando com a consciência da população, pois a doença ainda está aí e não podemos deixar que ela volte a crescer. O apoio da sociedade é imprescindível, pois não temos como fiscalizar todas as praias ao mesmo tempo”, afirmou. 

Balanço – A Operação Tira o Pé da Areia, realizada pela Guarda, já realizou 289 ações entre os meses de março e agosto, quando as praias permaneceram fechadas. O objetivo da ação, que continua com a reabertura gradual, é manter o cumprimento dos decretos municipais e protocolos de combate à Covid-19. Até agora, 15 pessoas que estavam irregularmente na faixa de areia já foram conduzidas à delegacia por desrespeitarem as regras e por desacato. 

Durante a operação, a GCM conta com o apoio de agentes da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), Secretaria de Ordem Pública (Semop), Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) e da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur). A população pode denunciar o descumprimento dos protocolos pelo Fala Salvador (156) ou Disque Coronavírus (160). 

Fonte: Prefeitura de Salvador

5 thoughts on “Salvador reabre praias

  1. Tá chegando final de ano os filhos das putas tão pensando em faturar, não dá mais pra roubar no Covid, tem que recorrer em outra boquinha. Atenção baianos vejam em quem votam, vocês fazem parte do BRASIL!!!

  2. Esse neto ta achando que vai por o poste dele la! FORA DEM, FORA NETO. Agora é #LeiteNeles Cezar Leite pra endireitar Salvador

  3. Enquanto isso o turismo se acaba na cidade por falta de segurança. Qual a fundamentação científica para essas medidas ridículas? Infelizmente essa dupla DEM/PT já deu o que tinha que dar: primeiro faliu o Estado e agora estão falindo a sua capital. Fora!!!

  4. Qta decepção com NETO!! Alguém informa p ele que as praias NÃO têm dono, NÃO têm partido político, NÃO têm a lotação dos ônibus q ele oferece ao povo. Voto meu, nunca mais!!!

  5. Não existe lógica nas atitudes desses governadores . Colocar hora e dia p/ as pessoas frequentarem as praias. Como o virus tivesse dia e hora p/ se manifestar e propagar . Faz me um favor é fazer o povo de palhaço. E o povo coitadinho , continua no cabresto sendo manipulado como marionete.

Comments are closed.