I Semana dos Animais apresenta nota técnica para universidades que oferecem cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia

O Comitê Estadual de Defesa e Proteção dos Animais – Pró- Animais, apresentou na sexta-feira, 9, durante a programação da I Semana dos Animais, a nota técnica para os representantes das universidades que oferecem cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia no Tocantins, publicada no Diário Oficial do Estado nº 5701, no dia 08 de outubro de 2020.

O objetivo da nota é promover programas de extensão universitária e parcerias para atendimento a animais em situação de abandono e/ou vítimas de maus-tratos, entre outros serviços acordados entre as partes. A sensibilização e criação de parcerias com instituições que possuam estrutura mínima e médicos veterinários, atuantes e em formação, são necessárias para a situação dos animais que precisam de apoio de forma gratuita ou subsidiada.

Segundo a responsável pela unidade técnica executiva de meio ambiente e saúde da Seduc, membro do Comitê Pró-Animais, Fabrícia Neli Johann Martins, a elaboração da nota técnica é uma ação do Comitê para além dessa Semana dos Animais. “Trabalhando a conscientização e mobilização em proteção dos direitos dos animais, podemos ir adiante, promover eventos, palestras, feirões de adoção e, tudo isso, com o auxílio dessa nota, que promove parcerias para nos ajudar”. Ainda de acordo com a responsável, “o processo educativo é mais amplo que uma aula, ele mexe com uma construção do sujeito e dentro desse universo legal sabemos que há o direito à educação ambiental. Muitas vezes a pessoa tem um animal, mas não tem condições de cuidá-lo, então conseguimos levar informação sobre cuidado e proteção animal através da universidade”, pontuou.

Representando a Universidade Luterana do Brasil (Ceulp/Ulbra), a professora e médica veterinária, Mildre Loraine Pinto ressaltou a importância da elaboração deste documento. “Temos vários projetos de extensão para os animais em execução, mas esse evento e essa nota técnica vêm para embasar e concretizar novas ideias, fazer com que nos aproximemos e realizemos novos eventos e projetos”, concluiu.

A representante da Universidade Católica do Tocantins (UniCatólica), a professora e também médica veterinária, Juliana de Souza Pinto Pieroni, afirma que “essa nota técnica vem para ampliar e trazer maior visibilidade para as ações da UniCatólica e isso pode intensificar nossas parcerias, nos dando reconhecimento não só em Palmas, mas em todo o estado”.

Comitê Pró-Animais

O Comitê Pró-Animais promove, estimula, fortalece e avalia a implementação das Políticas Públicas Estaduais em defesa dos direitos dos animais em todo o Estado do Tocantins, através de debates para a discussão e tomada de decisões sobre o tema. A composição dos membros e respectivos suplentes do Comitê Pró-Animais é feita por indicações dos órgãos, entidades públicas e privadas a que representam, e designados por ato do Secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos para mandato de dois anos, permitida uma recondução. Para o cumprimento de suas atribuições, o Comitê conta com o apoio de órgãos e entidades públicos ou privados, da sociedade civil organizada, assim como especialistas e técnicos.

Fonte: Governo do Tocantins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *