Bolsonaro: Vacina não é questão de Justiça, mas de Saúde

Durante uma conversa com apoiadores na frente do Palácio do Alvorada na manhã desta segunda-feira (26), o presidente Jair Bolsonaro defendeu que a vacina contra a covid19 é uma questão de saúde e não de justiça.

Bolsonaro criticou a judicialização do assunto por partidos de esquerda que querem que o STF obrigue o Governo Federal a comprar doses da vacina que está sendo produzida pela China, país onde a covid19 veio ao mundo.

“Eu entendo que isso não é uma questão de Justiça, isso é questão de saúde acima de tudo. Não pode um juiz decidir se você vai ou não tomar a vacina, isso não existe”, declarou o presidente.

O STF deve analisar a questão em breve. O PDT, partido de Ciro Gomes, quer que o judiciário retire mais uma porção da autonomia do Governo Federal e delegue aos estados a decisão sobre a obrigatoriedade da vacina contra a covid19.

“O que a gente tem que fazer é não querer correr, é não querer atropelar. Não querer comprar desta ou daquela sem nenhuma comprovação ainda”, disse, em referência à pressa de algumas autoridades em comprar doses de vacina mesmo antes da comprovação científica da eficácia das mesmas.

Veja o vídeo: