Sindepol/TO: armas de fogo, indenizações e nomeações foram pautas de reunião no Palácio Araguaia

Na tarde desta terça-feira, 10, a presidente do Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do Estado – Sindepol/TO, Sarah Lilian de Souza, participou no Palácio Araguaia da reunião para a entrega de mais de 200 armas de fogo à Polícia Civil do Tocantins, sendo 272 glocks e 20 carabinas. Além disso,  o Governo do Estado, Mauro Carlesse, anunciou o pagamento de parte das indenizações aos profissionais da Segurança Pública, totalizando um montante de 1 milhão de reais.

As indenizações estão atrasadas e no último dia 21 de outubro o Sindicato dos Delegados se reuniu com o secretário da fazenda, Sandro Henrique para viabilizar o pagamento.

Sarah Lilian, presidente do Sindepol/TO, agradece a preocupação do Governo do Estado para com a classe e ressalta a importância do pagamento das indenizações para os Delegados. “Nós somos gratos pela atenção com os Delegados de Polícia e demais policiais. Profissionais que estão diariamente na luta pela segurança pública do Tocantins e ressalto o quanto é importante o pagamento dessas indenizações, assim como a entrega das armas. Não se trata apenas de um pagamento ou entrega de armas, mas sim o oferecimento de dignidade aos policiais civis,” afirma a representante sindical.

Ainda durante o evento, o governador Mauro Carlesse prometeu nomear mais 12 escrivães e ofereceu mais 500 mil reais para pagar outra parcela de indenização, que segundo ele será paga ainda neste ano.

Presentes no evento

Além da presidente do Sindepol/TO, Delegada Sarah Lilian de Souza, o evento contou com a participação do Governador Mauro Carlesse; do presidente da Assembleia Legislativa, Antônio Andrade; do Secretário-Chefe da Casa Civil, Rolf Costa Vidal; do Secretário da Fazenda, Sandro Henrique,; da Deputada Estadual, Luana Ribeiro, além de outros representantes sindicais.

Fonte: Assessoria