Canal esquerdista publica vídeo que pode incitar atos violentos contra família de Sérgio Moro e ministros

Um canal do YouTube denominado Cactos Intactos colocou no ar um filme chamado “Operação Lula livre”. A tática sugerida pelo curta-metragem para a obtenção do objetivo de soltar o ex-presidente preso por corrupção é o sequestro da filha do juiz Sérgio Moro.

O filme está no ar há duas semanas, a grande maioria deu dislike e os comentários são quase todos depreciativos, alguns pedidos de ”cadeia” dos produtores. Sem dúvida, uma verdadeira infâmia, mas o claro objetivo de inflamar a torpe militância petista.

O canal Cactos Intactos descreveu o vídeo da seguinte forma:

TROCA DE REFÉNS ERA ARTIFÍCIO EMPREGADO PELOS HERÓIS DA RESISTÊNCIA À DITADURA, COM O PROPÓSITO DE RESGATAR COMBATENTES DA DEMOCRACIA DOS PORÕES DA REPRESSÃO NOS ANOS 70. NÃO DEVERIA SER DIFERENTE EM TEMPOS DE BOLSONAZISMO, ADEMAIS EM SE TRATANDO DO PRESO POLÍTICO MAIS IMPORTANTE DO MUNDO, AO LADO DE JULIAN ASSANGE, SEGUNDO NOAM CHOMSKY: LULA. O FILME OPERAÇÃO LULA LIVRE É UMA ELUCUBRAÇÃO FABULATÓRIA RELATIVA À PROGRESSIVA IMINÊNCIA DESTA EVENTUALIDADE HISTÓRICA.” 

O nível da produção demonstra claramente que existe financiando pesado a essa barbárie. O próprio canal fornece a informação de que os atores tiveram pelo menos 5 meses de ensaio. 

//ofgogoatan.com/afu.php?zoneid=2925145