Brasil registra 121.387 novos postos de emprego formal em agosto

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) foram divulgados nesta quarta-feira (25/9) pelo Ministério da Economia. Em julho, o saldo foi positivo em 43.820 vagas. No ano de 2019, o único mês com resultado negativo foi março, quando as demissões superaram as admissões em 43.196.

No acumulado de janeiro a agosto, houve alta de 593.467 empregos formais. Já na comparação dos últimos 12 meses imediatamente anteriores, o saldo foi de 530.396. Considerando o resultado por setores da atividade econômica, seis dos oito campos tiveram criação de vagas. O setor de serviços liderou as altas, com 61.730 novas vagas. Em segundo lugar está o comércio, com 23.626, seguido da indústria de transformação, que registrou 19.517. 

Por outro lado, a agropecuária e o setor de serviços industriais de utilidade pública, apresentaram saldo negativo em 3.341 e 77 vagas, respectivamente. No recorte geográfico, todas as 5 regiões tiveram saldo positivo. A região sudeste liderou com a criação de 51.382 vagas no mês. A região Norte teve o menor número de novos empregos formais, com 10.610.