Bolsonaro x Bivar: 2º hound

Vamos entender o que está em jogo?

1 – Controle do PSL

Nessa guerra partidária interna, entre os bolsonaristas  e Bivaristas, começa porque a turma do Bolsonaro quer o controle total do partido, mas Bivar garante que ” –  que  não irá entregar “de jeito nenhum” o comando da sigla;

2 – O controle da verba milionária do PSL 

Antes de Bolsonaro, o partido era nanico, mas, a reboque da popularidade do então candidato, elegeu a segunda maior bancada da Câmara e, graças a isso, tem direito a uma fatia considerável do  fundo partidário) e do fundo eleitoral;

3 – Quanto a saída ou não de Bolsonaro e de deputados do PSL

A cúpula do partido avalia a possibilidade de liberar Bolsonaro e cerca de 20 parlamentares considerados infiéis caso que eles abram mão do dinheiro do fundo partidário.

Esses deputados, no entanto, avaliam uma saída jurídica caso decidam deixar a sigla. Isso porque, nessa hipótese, correriam o risco de perder o cargo, já que o partido pode recorrer à Justiça Eleitoral se um parlamentar se desfilia sem justa causa                                                                  

O PSL se tornou o segundo maior partido da Câmara e a principal força governista no Congresso. A participação no fundo partidário saltou de R$ 9,7 milhões em 2018 para R$ 110 milhões em 2019 – e a expectativa é que, em 2020, o valor fique entre R$ 400 milhões e R$ 500 milhões.

Já com relação ao fundo eleitoral, a previsão para o pleito do próximo ano é que a legenda receba quantia superior a R$ 200 milhões – graças aos mais de 10% de representação da Câmara dos Deputados.

Esse dinheiro todo está sob administração dos dirigentes do partido – e eles respondem não a Bolsonaro, mas, sim, a Luciano Bivar, o presidente da sigla. É o mesmo Bivar que, na avaliação de Bolsonaro, está “queimado”.

Como presidente do partido, Luciano Bivar tem influência direta sobre a distribuição dos fundos partidário e eleitoral, a indicação de líderes do partido na Câmara e no Senado e a distribuição de cargos no partido e nos diretórios e comissões provisórias dos estados e municípios. Ou seja o que está em jogo é dinheiro e poder, como sempre.

Assista em vídeo:

1 thought on “Bolsonaro x Bivar: 2º hound

  1. Bivar, levantem a ficha dele polícia PF.
    TIM TIM por TIM TIM.
    E todos saberem quem ele é.

Comments are closed.