Tocantins realiza mais dois procedimentos cardíacos pediátricos

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, realizou nesse domingo, 20, e nessa segunda-feira, 21, mais duas cirurgias pediátricas cardíacas. Até o mês passado, todas as cirurgias desta especialidade precisavam ser encaminhadas para outros estados.

O paciente Sadrak Alexandre, tem 9 anos e entrou na fila de regulação para realização da cirurgia de alta complexidade no dia 10 de setembro, e em pouco mais de um mês, pôde passar pelo procedimento no próprio estado que reside.  A mãe de Sadrak, Patricia Pereira Domingos, ficou emocionada com a receptividade que recebeu durante o procedimento.

“Quando nos falaram que ele precisaria passar pelo procedimento, nos disseram que ele seria atendido em outro estado, em São Paulo, Rio de Janeiro ou até mesmo em Minas, não tinha um lugar exato. Quando a gente recebeu a ligação informando que ele iria receber esse atendimento em Araguaína, a poucos quilômetros de Palmas, ficamos muito felizes, porque é muito perto. Pra gente foi muito melhor”,  disse Patrícia.

Para o secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, a realização dos procedimentos no Estado do Tocantins, além de proporcionar uma grande economia para o orçamento Estadual, proporciona um melhor acolhimento aos familiares e às crianças que passam pelas cirurgias. “É um marco histórico que estamos vivendo, em menos de 30 dias, quatro procedimentos cardíacos pediátricos de alta complexidade foram realizados. Estamos vivendo uma nova fase do SUS no Tocantins”, disse.

Quem também passou por cirurgia, em Araguaína, foi a menina Maria Luísa, de 2 anos, que sofria com duas patologias, Comunicação  Interatrial e Comunicação Interventricular, de alta complexidade. Ela está em monitoramento na Unidade de Terapia Intensiva para recuperação do procedimento.

 O Serviço

Atualmente existem cerca  de 11 centros de tratamentos cardíacos pediátricos no país, sendo que a maioria deles está localizada no Sul e Sudeste. Com a implantação do serviço, o Tocantins se torna referência para a região Norte e Nordeste, dando um grande salto na qualidade dos atendimentos prestados de alta complexidade para crianças.

A equipe está sendo comandada pelo cardiologista Arthur Henrique de Souza, cirurgião cardiovascular pediátrico, com ampla experiência de mais de mil procedimentos realizados. No pós-operatório, as crianças recebem atendimento na Unidade de Tratamento Intensivo Pediátrica (UTIped) do Hospital sob o comando do responsável técnico, Márcio Brito, e intensivistas da UTI pediátrica.

A Secretaria de Estado da Saúde está trabalhando ainda para estruturar o serviço de cirurgias pediátricas cardíacas no Hospital Geral de Palmas.

VIA SECOM