Segunda, 22 de Julho de 2024 19:36
63 98121-2858
Saúde Tocantins

SES-TO abre inscrições para a palestra sobre apraxia de fala na infância

Evento ocorre no dia 27 de novembro, no auditório do Palácio Araguaia Governador José Wilson Siqueira Campos

20/11/2023 12h27
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
SES-TO abre inscrições para a palestra sobre apraxia de fala na infância - Foto: Nielcem Fernandes/Governo do Tocantins
SES-TO abre inscrições para a palestra sobre apraxia de fala na infância - Foto: Nielcem Fernandes/Governo do Tocantins

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) está com inscrições abertas para a palestra sobre Apraxia de fala na infância: diagnóstico e tratamento. O evento coordenado pela superintendência da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência (SRCPD), ocorrerá no dia 27 de novembro, 27, às 18 horas, no auditório do Palácio Araguaia Governador José Wilson Siqueira Campos, com a fonoaudióloga Elisabete Carrara, especializada no tratamento dos distúrbios da voz e da deglutição.

O objetivo do evento é explorar o assunto entre profissionais da área para que possam se aperfeiçoar no assunto e assim fornecer um atendimento mais eficaz e compassivo às crianças afetadas por o distúrbio de comunicação. As inscrições podem ser feitas no link:https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdimi3GWCcPKWZ9nGawkcMq0-xPA7-88lyWAOhxvIB-0ht9vA/viewform

A gerente da Superintendência da Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência/SES-TO, Suzi Américo, explicou sobre o tema. “A apraxia de fala é um distúrbio neurológico que afeta consideravelmente a condição motora da fala, resultando em uma maior dificuldade na pronúncia de sílabas e palavras. Trata-se de um envio incorreto de informações para o cérebro organizar e executar determinadas ações, que acabam ocasionando em uma desordem para produzir os sons da fala e da comunicação”.

Continua após a publicidade

“Esse é um assunto novo e que precisa ser explorado, principalmente por causa da necessidade de um diagnóstico precoce. A palestra é destinada a todas as pessoas interessadas nesse assunto, desde profissionais de saúde, professores, terapeutas, fonoaudiólogos e pais e mães que às vezes tem um filho com essa dificuldade, e por nunca ter ouvido falar sobre esse assunto, não saiba o que fazer nem a quem procurar”, acrescentou a gerente.

Continua após a publicidade

Palestrante

Continua após a publicidade

A fonoaudióloga Elisabete Carrara de Angelis é especializada no tratamento dos distúrbios da voz e da deglutição, coordenadora do Núcleo de Fonoaudiologia do Hospital A.C. Camargo, autora de artigos nacionais e internacionais, e livros sobre o assunto, mestre em Distúrbios da Comunicação e doutora em Neurociências pela Unifesp (EPM).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.