Sexta, 01 de Março de 2024 07:57
63 98121-2858
Assistência Social Tocantins

Governo do Tocantins e 130 municípios discutem a política de assistência social no Estado

Secretário da Setas anunciou mais de 2 milhões em investimentos pela senadora Dorinha Rezende para a assistência social

22/11/2023 21h21
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
Secretário Jonis Calaça anuncia recursos adicionais para a Assistência Social em 2024 - Foto: Carlessandro Souza/Governo do Tocantins
Secretário Jonis Calaça anuncia recursos adicionais para a Assistência Social em 2024 - Foto: Carlessandro Souza/Governo do Tocantins

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) e 130 municípios tocantinenses participaram nesta quarta-feira, 22, da 154ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Bipartite (CIB). O encontro ocorreu no auditório da Setas, no Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Palmas. Além do secretário da Setas, Jonis Calaça, participaram do encontro os técnicos da Setas, gestores municipais de assistência social e demais membros da CIB do Tocantins (CIB/TO).

O secretário da Setas, Jonis Calaça, parabenizou os municípios pela participação massiva e anunciou novidades na área da Assistência Social para o ano de 2024. “É com grande alegria que informo o investimento de mais de 2 milhões de reais em recursos pela Senadora Dorinha Rezende. A verba será aplicada na implantação dos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas) Regionalizados e demais projetos da Assistência Social. O Governo do Tocantins conta com a parceria de cada um de vocês (os presentes) acompanhando e fiscalizando esses recursos para assim garantir a sua boa execução. É uma determinação do Governador Wanderlei Barbosa em atender a população tocantinense em todas áreas com presteza garantindo os direitos coletivos e individuais de cada cidadão tocantinense.” Declarou o gestor.

Continua após a publicidade

A reunião contou com agenda extensa contemplando informes das diretorias da Setas, e demandas do Colegiado Estadual de Secretarias Municipais de Assistência Social (Coegemas). Entre os destaques da pauta esteve o Acompanhamento Familiar no Serviço de Atendimento Integral à Família (Paif), uma questões sugerida pelas próprias equipes técnicas dos municípios por meio de enquete.

Os esclarecimentos sobre a questão foram explanados pela assistente social da Setas , Aurora Morais dos Santos, que falou sobre a centralidade da ação nos serviços oferecidos nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) “O atendimento e acompanhamento das famílias é a base do nosso trabalho e exige conhecer o regramento e também o preparo das equipes técnicas”.

Continua após a publicidade

Ainda sobre a Paif, a secretária municipal de Assistência Social de Angico, Deusivan Souza, reafirmou a importância do trabalho como base para todos os outros serviços realizados pela Assistência Social nos municípios e sugeriu a realização, por parte da Setas, de oficinas regionalizadas do Paif em 2024. “Essa capacitação é primordial para os municípios e deveria ser regionalizada porque geralmente as cidades de uma mesma região tem realidades similares e tem condições de cooperarem umas com as outras”. Sugeriu a secretária municipal.

Continua após a publicidade

Outro assunto amplamente explanado na reunião foi o Cofinanciamento dos Benefícios Eventuais. Os municípios que receberam o recurso em 2023 devem realizar a prestação de contas até 10 de fevereiro de 2024.

Paif

O Programa de Atenção Integral à Família (Paif) oferta ações socioassistenciais de prestação continuada, por meio do trabalho social com famílias em situação de vulnerabilidade social, com o objetivo de prevenir o rompimento dos vínculos familiares e a violência no âmbito de suas relações, garantindo o direito à convivência familiar e comunitária. O Programa é uma atribuição exclusiva do poder público e é desenvolvido necessariamente no Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Cib

A Comissão Intergestores Bipartite é um espaço de articulação dos gestores municipais e estaduais de assistência social, e caracteriza-se como instância de negociação e pactuação dos aspectos operacionais da gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

Governo do Tocantins e 130 municípios discutem a política de assistência social no Estado
Cib reúne representantes de 130 municípios tocantinenses em Palmas - Carlessandro Souza/Governo do Tocantins
Governo do Tocantins e 130 municípios discutem a política de assistência social no Estado
Assistente Social da Setas, Aurora Moraes dos Santos, explana sobre o Paif - Carlessandro Souza/Governo do Tocantins
Governo do Tocantins e 130 municípios discutem a política de assistência social no Estado
Reunião da Cib Tocantins é coordenada por Sueli Tavares, superintendente de Assistência Social da Setas - Carlessandro Souza/Governo do Tocantins
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.