Sexta, 01 de Março de 2024 09:26
63 98121-2858
Turismo Turismo

Segundo estado com maior número de embarcações, Paraná sedia Boat Show em água doce

A expectativa é atrair mais de 15 mil pessoas até o próximo domingo (26), no Iate Clube Lago de Itaipu, em Foz do Iguaçu. O Paraná possui 70 mil e...

24/11/2023 08h11
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: SETU
Foto: SETU

O Foz Internacional Boat Show, realizado no Iate Clube Lago de Itaipu, em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, é o primeiro evento do País em água doce. Com início nesta quinta-feira (23), ele vai até o próximo domingo (26) e a expectativa é atrair mais de 15 mil pessoas neste período.

O evento é organizado pelo Grupo Náutica, em uma parceria entre a Secretaria de Estado do Turismo, a Prefeitura de Foz do Iguaçu, a Itaipu Binacional, o Parque Tecnológico Itaipu e a Associação Brasileira de Construtores de Barcos Seus Implementos (Acobar).

Continua após a publicidade

O Paraná possui 70 mil embarcações de recreio e lazer registradas, a segunda maior marca do País, ficando atrás apenas de São Paulo. A feira em Foz do Iguaçu encerra a agenda do Boat Show de 2023, que já aconteceu no Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

A previsão para o ano é de movimentação de R$ 1,5 bilhão em negócios. O secretário estadual do Turismo, Márcio Nunes, destaca a importância do evento como uma vitrine para o setor. “A promoção do turismo é o maior legado que estamos conseguindo deixar na fronteira do Estado, especialmente com o potencial que a Itaipu Binacional oferta na região. Estamos construindo cada vez o conceito sustentável”, disse.

Continua após a publicidade

“Todos sabem do potencial econômico que o turismo possui pela geração de empregos, tanto é que o FMI (International Monetary Fund) destacou que os países que tem conseguindo se recuperar mais rapidamente dos danos causados pela pandemia são os países que investem no turismo”, acrescentou.

Continua após a publicidade

O Paraná possui 78 atrativos do turismo náutico e 29 Unidades de Conservação abertas à visitação pública com rios, corredeiras, lagoas e lagos. Uma das modalidades inserida no turismo náutico está o da pesca esportiva. O Governo do Estado lançou, no mês passado, o programa Fomento Turismo, Pesca e Náutica , uma linha de crédito destinada a fortalecer empreendimentos voltados ao turismo náutico e pesqueiro.

BOAT SHOW – O Foz Internacional Boat Show possui 30 marcas expositoras e test-drive de embarcações com até 40 pés. A abertura da feira contou com a presença dos ministros do Turismo do Brasil, Celso Sabino; e do Uruguai, Tabaré Viera.

Segundo o presidente do Grupo Náutica, organizador do Boat Show, Ernani Paciornick, não se trata apenas da venda dos barcos. De acordo com ele, a feira é uma oportunidade de instalação de novos empreendimentos no Paraná. “Isso deixa um legado de turismo náutico, com novas fábricas que podem se instalar no Estado, com novas lojas, enfim, toda uma cadeia intensiva que a náutica possui”, disse.

“O Paraná tem uma força voltada para o turismo, que é uma indústria intensiva de empregos. Uma série de ações no ramo do turismo estão sendo feitas aqui e que estão fazendo o Paraná despontar no País”, completou Paciornick.

Paralelo à feira, acontece a 8ª edição do Congresso Internacional Náutica, para a promoção e reconhecimento das potencialidades turísticas do Lago de Itaipu, localizado na fronteira entre o Brasil e o Paraguai.

O congresso visa a disseminação de boas práticas na gestão sustentável do turismo náutico e de pesca, a criação de redes de colaboração entre profissionais e empresas do setor, a discussão de desafios e soluções para a preservação e restauração ambiental da região, além de impulsionar o crescimento econômico local por meio do turismo.

PREOCUPAÇÃO AMBIENTAL – O Instituto Água e Terra (IAT) também participa da edição de 2023 do Foz Internacional Boat Show. O estande do órgão ambiental expõe informações sobre as Unidades de Conservação (UCs) do Paraná, pontos como o Parque Estadual do Guartelá, Vila Velha e a Ilha do Mel, entre outros.

Além disso, o IAT apresenta nesta sexta-feira (24) palestra do diretor de Patrimônio Natural do Instituto, Rafael Andreguetto, no Congresso Internacional Náutica, sobre o turismo em Ucs; e da gerente de Licenciamento do órgão, Ivonete Chaves, que abordará o licenciamento ambiental das áreas protegidas da Usina de Itaipu.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.