Domingo, 07 de Agosto de 2022 19:25
63 98121-2858
Geral Geral

Seminário avalia 116 pesquisas de enfrentamento à Covid-19

Seminário avalia 116 pesquisas de enfrentamento à Covid-19

11/05/2021 09h30 Atualizada há 1 ano
Por: Redação
Seminário avalia 116 pesquisas de enfrentamento à Covid-19

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), astronauta Marcos Pontes, disse que a pandemia mostrou a necessidade de unir esforços em uma forte atuação da ciência em busca de soluções. A declaração foi feita na abertura do Seminário de Avaliação dos Projetos contemplados na Chamada Pública MCTI/CNPq/FNDCT/MS/SCTIE/Decit Nº 07/2020, nesta segunda-feira (10). O evento, contou com a participação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

“Esse evento demonstra a união do governo federal no combate à pandemia. Trabalhamos em conjunto para dar respostas e propor soluções. O Ministério da Saúde lidera e o MCTI ajuda com a ciência, a tecnologia e as inovações”, reforçou Pontes.

O seminário é uma realização do MCTI em parceria com o Ministério da Saúde, com a colaboração do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI). O objetivo do evento, que ocorre até sexta feira (14) de forma virtual, é acompanhar o andamento desses projetos e discutir aspectos relacionados à sua execução. A ideia é que os projetos selecionados atendam da melhor forma possível às necessidades das políticas públicas do Sistema Único de Saúde (SUS), incluindo as atividades da RedeVírus MCTI.

A Chamada Pública MCTI/CNPq/FNDCT/MS/SCTIE/Decit Nº 07/2020, aberta no ano passado, é uma das estratégias do Governo Federal para o enfrentamento da Covid-19. A chamada recebeu mais de 2 mil propostas em diferentes áreas como desenvolvimento de vacinas, tratamentos e diagnóstico. Ao todo, os 116 projetos de pesquisa receberam R$ 65 milhões em investimentos.

“Nossos cientistas têm feito um trabalho magnífico e deram uma resposta rápida e importante desde o início da pandemia. Vamos vencer juntos. O Brasil vai sair mais forte, recuperar a economia e ganhar mais conhecimento”, reforçou Marcos Pontes.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que “não há outro caminho que não a ciência para que encontremos as soluções para o enfrentamento das questões sanitárias e, sobretudo, de uma situação pandêmica como a atual”. Ele também reforçou a importância da atuação integrada dos ministérios do governo federal no enfrentamento da pandemia.

Queiroga ressaltou a importância de a pesquisa científica também receber fomento da iniciativa privada. “Vivemos há mais de um ano impactados pela maior emergência sanitária do mundo. É dever de todos nós nos unirmos para entregar as respostas que a sociedade brasileira espera”, disse.

Em virtude da pandemia de COVID-19, o seminário de avaliação de projetos contemplados pela Chamada Pública Nº07/2020 é totalmente online. Serão cinco dias de apresentações e debates divididos em 12 salas temáticas. O evento é mais um momento de aproximação das áreas técnicas com os pesquisadores selecionados pela chamada pública.

RedeVírus MCTI

O evento conta com a participação de pesquisadores da RedeVírus MCTI, criada em fevereiro de 2020 para enfrentar a pandemia. A RedeVírus é um comitê que reúne especialistas, representantes de governo, agências de fomento do ministério, centros de pesquisa e universidades, com o objetivo de integrar iniciativas de pesquisa para combate às viroses emergentes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.