Domingo, 26 de Junho de 2022 12:01
63 98121-2858
Brasil Brasil

ANBIOTEC BRASIL assina 2 grandes acordos de cooperação em biotecnologia, um com a EMBRAPII e outro com ICTB/FIOCRUZ, na II edição do Fórum de Inovação ANBIOTEC Brasil na Hospitalar-2022. O encontro contou com a presença do Ministro Paulo Alvim.

O mercado nacional de biotecnologia aplicada a saúde hoje movimenta R$ 7 bilhões de reais .

18/05/2022 17h31
Por: Redação Fonte: Christine Xavier
ANBIOTEC BRASIL assina 2 grandes acordos de cooperação em biotecnologia, um com a EMBRAPII e outro com ICTB/FIOCRUZ, na II edição do Fórum de Inovação ANBIOTEC Brasil na Hospitalar-2022. O encontro contou com a presença do Ministro Paulo Alvim.

No primeiro dia da 27ª Hospitalar- 2022, o Fórum de Inovação da ANBIOTEC Brasil reuniu pela primeira vez alguns dos principais atores que compõem o cenário da biotecnologia nacional. A EMBRAPII, ICTB/FIOCRUZ, INMETRO, ANVISA e ANBIOTEC estiveram juntos para debater os principais temas e impulsionar o segmento de biotecnologia como ferramenta de transformação e competitividade do setor de saúde. O encontro contou com a presença do Ministro da Ciência e Tecnologia, Paulo Alvim.

"Em um momento de retomada, nunca foi tão importante pensar em desenvolver políticas públicas para ampliar e fortalecer a produção de inovação pelas empresas brasileiras. A proposta do II Fórum de Inovação é justamente dialogar e debater com a comunidade empresarial, governamental e científica sobre a biotecnologia como ferramenta de transformação, inovação e competitividade do setor de saúde no Brasil. É preciso mostrar que o país tem competência e soberania para desenvolver produtos de alta qualidade e eficiência”, resumiu a presidente da ANBIOTEC Brasil, Vanessa Silva da Silva, que lidera a entidade há 2 anos.

 Ministro Paulo Alvim e Vanessa Silva da Silva

 Para ela “Os principais players do cenário da biotecnologia nacional, juntos, se comprometeram a colaborar para que o setor evolua, somando esforços de instituições e empresas privadas, governamentais e de saúde e políticas públicas. Representa oficialmente a união da iniciativa privada e dos pesquisadores científicos. Vamos avançar com a regulação e a parceria internacional, para fazer acontecer. Acreditamos em alavancar empresas e startups”, pontuou.

 Durante o evento foi assinado um acordo de cooperação entre ANBIOTEC Brasil e EMBRAPII, com a presença do Diretor de Planejamento e Relações Institucionais da EMBRAPII, Dr. Igor Manhães Nazareth e do Ministro Paulo Alvim. “Colocar a biotecnologia na pauta é um objetivo antigo. Vivemos um período de pujança na economia e o segmento viabiliza construir um país diferente, com desenvolvimento sustentável”, frisou Paulo Alvim.

Também foi assinado no evento um acordo de cooperação entre ANBIOTEC BRASIL e o ICTB/FIOCRUZ, com a presença de Christoph Milewski, Diretor ICTB/FIOCRUZ. Estiveram presentes ainda: o presidente do INMETRO, Heleno Guerson de Oliveira Júnior e o gerente-geral da ANVISA, Leandro Rodrigues Pereira.

O mercado de Biotecnologia movimenta no Brasil, somente entre as 63 empresas associadas à ANBIOTEC Brasil, R$ 1 Bilhão. No geral, o segmento nacional voltado para a saúde movimenta mais de 7 bilhões no total (cerca R$ 3 Bi no segmento privado e R$ 4 Bi, no público).

Para a presidente da Hospitalar 2022, dra. Waleska Santos, a biotecnologia é fundamental para a saúde e o Brasil tem um potencial fantástico para inclusive ser reconhecido nacionalmente -- como por exemplo, a vacina desenvolvida contra a Covid-19. No próximo dia 19, quinta-feira, será a vez de uma nova mesa-redonda, na Arena Health da 27ª Hospitalar, das 13h50 ás 18h.

 Serviço -- Hospitalar 2022- Back to the Basics: Recuperando o fundamental e assimilando a inovação.

Data: 17 a 20 de maio, das 11h às 20h

Local: São Paulo Expo (1,5, Rod. dos Imigrantes - Vila Água Funda, São Paulo, Brasil)

Programação completa AQUI

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.