Domingo, 26 de Junho de 2022 12:29
63 98121-2858
Cidades Maio Laranja

Porto Nacional realiza seminário da campanha Maio Laranja

O mês é dedicado a ações de combate ao abuso e violência sexual infantil

19/05/2022 11h15
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
Porto Nacional realiza seminário da campanha Maio Laranja

A prefeitura de Porto Nacional, por meio da Secretaria Municipal da Assistência Social e Habitação, realizou nesta terça-feira, 18, data em que se celebra o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, um seminário com essa temática, referente à campanha Maio Laranja. O evento que foi transmitido ao vivo pelas redes sociais da prefeitura, aconteceu no Centro de Convenções Comandante Vicente de Paula, e teve por finalidade conscientizar a sociedade sobre o combate a esse tipo de crime. 

Na ocasião, aconteceram apresentações lúdicas, participação da banda da Guarda Municipal Mestre Adelino, palestras, e entrega de panfletos sobre o assunto. Participaram do evento o prefeito Ronivon Maciel, a primeira-dama e secretária municipal de assistência social e habitação, Keila Viana, a secretária municipal de educação, Helane Dias, a presidente da Câmara de Vereadores, Rozângela Mecenas, representantes de órgãos de proteção à criança e alunos de diversas escolas do município.

Em seu discurso, a primeira-dama e secretária municipal de assistência social e habitação, Keila Viana, disse: “Essa ação visa alertar a todos sobre a necessidade da prevenção à violência sexual. Para tanto, buscamos desenvolver iniciativas voltadas ao enfrentamento deste problema, de modo que possamos evitar que casos aconteçam”, frisou.

O prefeito Ronivon Maciel, ressaltou que a gestão municipal vem realizando políticas públicas para combater crimes contra crianças e adolescentes. “Estamos trabalhando com ações preventivas a fim de conscientizar toda a população, não proteger as crianças também é um ato de violência contra elas, nosso intuito é protegê-las”, afirmou. 

Durante a programação, a delegada da 8º delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV) de Porto Nacional, Fernanda Cerqueira Correia, ministrou uma palestra com o tema “exploração sexual de crianças e adolescentes  e os canais de denúncia”. Fernanda abordou sobre como proceder em situações de abuso ou exploração sexual, segundo a delegada a ideia é prevenir e fazer com que a população denuncie. 

A segunda palestrante do dia foi a advogada multidisciplinar e superintendente da secretaria municipal de administração, Letícia Lima, que ministrou palestra com o tema “crimes cibernéticos”,

18 de Maio - O que é?

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído em 18 de maio pela Lei 9.970/2.000, faz referência ao repercutido caso da menina Araceli Crespo, que tinha 8 anos de idade quando foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. O Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes incentiva que em todo o Brasil sejam realizadas ações que visem alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual. 

Denuncie aos Órgãos de Proteção

Disque Direitos Humanos 100

CREAS (63) 33633573

Conselho Tutelar (63) 33636141

                           (63)992538385

Ministério Público

Delegacia Especializada em defesa da Mulher e da Criança e Adolescente

Presenças

 Prefeito, Ronivon Maciel; secretária municipal da assistência social e habitação, Keila Viana; secretária municipal de educação, Helane Dias; presidente da Câmara de Vereadores, Rozângela Mecenas; presidente do conselho municipal dos direitos da criança e do adolescente (CMDCA); Antônio Nilberto Castro Santos;  coordenador do centro de referência especializado de assistência social (CREAS), Nelson Soares Alves;  presidente do conselho tutelar do distrito de Luzimangues, Raimunda Carneiro dos Santos; vice-presidente do conselho tutelar de Porto Nacional, Edson Aires Campelo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.