Sábado, 25 de Junho de 2022 22:33
63 98121-2858
Brasil Brasil

No RN, Secretária de Telecomunicações destaca importância do 5G para indústria

Nathalia Lobo participou da palestra magna promovida pela Federação das Indústrias do RN

26/05/2022 10h04
Por: Redação Fonte: Governo Federal
No RN, Secretária de Telecomunicações destaca importância do 5G para indústria

A secretária de Telecomunicações do MCom, Nathalia Lobo, participou nesta quarta-feira (25), da palestra magna do Dia Nacional da Indústria, promovida pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERB). O tema “A Tecnologia 5G e sua Importância para o Desenvolvimento da Indústria” foi abordado pela secretária em painel com o conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Artur Coimbra.

O evento realizado na Casa da Indústria da capital potiguar reuniu representantes do setor produtivo e empresários. Nathalia Lobo falou sobre o impacto da implementação da tecnologia: “O 5G é um habilitador para soluções de empresa para empresa (B2B). Indústria e setor produtivo tem ganho de eficiência de 20 a 30% em todos as áreas e soluções a serem desenvolvidas de acordo com a necessidade”, explanou.

A secretária enfatizou que essa transformação passa ainda pela produção e processos dos modelos de negócios e ressaltou os resultados do leilão do 5G para os brasileiros: “mais de 90% do arrecadado são dedicados a compromissos de investimento, levando diretamente para os cidadãos os benefícios dessa tecnologia”, disse. No Rio Grande do Norte, todos os municípios serão atendidos com o 5G e 550km de rodovias federais terão conectividade.

Em sua apresentação, o conselheiro da Anatel, Artur Coimbra, pontuou sobre o Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT), uma iniciativa do Governo Federal que vai ser viabilizada pelo 5G nas áreas de cidades, saúde, ambiente rural e indústria. Coimbra destacou como o 5G traz a indústria brasileira para um novo patamar de competitividade ao permitir conectividade de forma ampla.

“Distritos industriais e regiões com empresas concentradas em certas áreas tinham dificuldade de acesso à internet pela baixa densidade demográfica e alto investimento para as operadoras. Com a forma feita pelo leilão do 5G, é possível por meio de uma antena, atender grandes áreas sem depender da fibra óptica na rede de acesso, com capacidade e qualidade equivalente a essa tecnologia”, disse.

O presidente da FIERN, Amaro Sales, destacou a relevância do tema para a indústria e parabenizou a atuação do Governo Federal e do Ministério das Comunicações “pelo trabalho e coragem para discussão e efetivação do 5G. Precisamos trazer desenvolvimento e tecnologia para o país”, disse.

 

  
 

 

v
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.