Domingo, 26 de Junho de 2022 11:36
63 98121-2858
Política Juntinho com o PCC

Contador do PCC ligado a Lula tem bens bloqueados pela Justiça

Segundo o Estadão, Muniz é contador da família do ex-presidiário Lula até os dias atuais.

17/06/2022 09h50
Por: Pablo Carvalho Fonte: Com informações de Pleno News
Contador do PCC ligado a Lula tem bens bloqueados pela Justiça

 

 

 

Pleno.News - 17/06/2022 08h16 | atualizado em 17/06/2022 09h05

 

Ex-presidente Lula Foto: Bruno Ulivieri/ AgNews

A Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de R$ 40 milhões em imóveis e ônibus de integrantes do PCC e do contador João Muniz Leite. 

Leite é suspeito de ser operador de um complexo esquema de lavagem de dinheiro do narcotráfico por meio de prêmios da Loteria Federal e foi responsável pelo Imposto de Renda do ex-presidiário Lula (PT) e, até hoje, cuida da contabilidade e divide sala com empresas do filho do petista, Fábio Luís, o Lulinha.

O contador teria ganho 55 vezes na loteria e embolsado cerca de R$ 401 milhões. Dessa quantia, R$ 16 milhões teriam ficado com o contador e o restante teria ficado com o traficante de drogas Anselmo Becheli Santa Fausta, o Cara Preta, morto em dezembro de 2021 durante uma emboscada de bandidos na Zona Leste de São Paulo.

Relações de criminosos com Lula

Segundo o Estadão, Muniz é contador da família do ex-presidiário Lula até os dias atuais. Levam o logo da JML Assessoria Contábil e Fiscal os documentos de cadastro, na Junta Comercial de São Paulo, em fevereiro de 2022, da mais recente empresa criada por Lulinha, a LLF Tech Participações LTDA, sediada no apartamento onde o filho do ex-presidente reside. O imóvel em questão está em nome do empresário Jonas Suassuna, que foi sócio de Lulinha e proprietário formal do sítio Santa Bárbara, em Atibaia, propriedade em razão da qual Lula foi processado na Lava Jato.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.