Quinta, 11 de Agosto de 2022 18:40
63 98121-2858
Justiça Tocantins

Com foco no trabalho e profissionalização de custodiados, Unidade Penal de Palmeirópolis atua em reformas de espaços públicos com mão de obra carcerária

Custodiados trabalharam na pintura e revitalização do prédio da prefeitura e na construção do muro frontal da Unidade Penal

23/06/2022 13h00
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
Trabalho, a profissionalização e a educação formal e não-formal são direitos garantidos às pessoas em privação de liberdade na Lei de Execução Penal - Foto: Seciju/Governo do Tocantins
Trabalho, a profissionalização e a educação formal e não-formal são direitos garantidos às pessoas em privação de liberdade na Lei de Execução Penal - Foto: Seciju/Governo do Tocantins

A Unidade Penal de Palmeirópolis, administrada pela Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), tem contribuído socialmente de forma cada vez mais ampla, atuando em diversos projetos que envolvem o trabalho de custodiados.

Ações envolvem a mão de obra carcerária em reformas e revitalização de órgãos e espaços públicos, fabricação de blocos e artefatos de concreto, cultivo de hortaliças, além de atuarem em projetos sociais, possibilitando redução de parte da pena pelo trabalho e pela profissionalização por meio de parcerias.

Além do trabalho, os custodiados podem participar do Projeto Ler para Libertar, programa desenvolvido nas unidades penais do Tocantins focado na educação não-formal que também possibilita redução de quatro dias da pena para cada obra lida, podendo chegar até 12 livros lidos no ano.

Atuação dos presos

Um dos custodiados da Unidade que está inserido em atividades laborais, J.F.S, fala das oportunidades ofertadas enquanto cumpre sua pena. “Aqui muitos finalizaram o ensino fundamental e médio e estão tendo a oportunidade de se profissionalizar e trabalhar para remir suas penas. Isso tudo graças ao trabalho de toda equipe da unidade penal que tem possibilitado colocar em prática tudo o que aprendemos para quando sairmos daqui possamos seguir a vida”, considerou.

Dentre os trabalhos realizados pelos presos, recentemente os custodiados trabalharam na pintura e revitalização da prefeitura municipal e na construção do muro frontal da Unidade Penal que reforça a segurança dos custodiados e da população.

Os custodiados também construíram o galpão utilizado para produção de blocos e artefatos de concreto que atendem demandas de materiais para o Município e para uso na ampliação da Unidade, além do fomento da economia local. Atuaram também na reforma da sede da delegacia da Polícia Civil municipal e na pintura dos letreiros do muro do cemitério local.

A Polícia Penal também trabalha com responsabilidade social e atuado junto à comunidade como a reforma de um carrinho de um catador de material reciclado e aviamento de cortinas de uma escola municipal.

O chefe da Unidade Penal de Palmeirópolis, Charles Nunes, enfatiza a disponibilização de mão de obra carcerária que pode ser aproveitada em benefício à sociedade. “A Unidade Penal parte do pressuposto que o trabalho dignifica o homem e investe continuamente em profissionalização dos presos e na utilização dessa mão de obra qualificada dando retorno à sociedade”, destacou.

O chefe enfatiza ainda que os custodiados participam de cursos profissionalizantes dentro do próprio estabelecimento penal e repassam os conhecimentos aprendidos aos demais, orientando-os nos trabalhos de reformas de instituições parceiras que requeiram essa mão de obra qualificada.

Com foco no trabalho e profissionalização de custodiados, Unidade Penal de Palmeirópolis atua em reformas de espaços públicos com mão de obra carcerária
Além do trabalho externo dos presos escoltados pelos policiais penais, eles também trabalham no cultivo de hortaliças dentro da unidade penal - Seciju/Governo do Tocantins
Com foco no trabalho e profissionalização de custodiados, Unidade Penal de Palmeirópolis atua em reformas de espaços públicos com mão de obra carcerária
Custodiados atuaram em diversos órgãos do Município, como na reforma da sede da Delegacia da Polícia Civil - Seciju/Governo do Tocantins
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.