Quinta, 11 de Agosto de 2022 17:26
63 98121-2858
Política Sistema Eleitoral

Com a paciência no limite, Bolsonaro chama Barroso de "mentiroso" e "criminoso"

Presidente intensificou críticas ante o ativismo de membros do judiciário

02/08/2022 11h44
Por: Pablo Carvalho
Com a paciência no limite, Bolsonaro chama Barroso de

Durante entrevista à Rádio Guaíba na manhã desta terça-feira (2), o Presidente da República, Jair Bolsonaro, criticou duramente o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, chamando-o de "criminoso" e "mentiroso". Bolsonaro lembrou da pressão política exercida por ministros do STF sobre parlamentares do Congresso Nacional para barrar o projeto que instituía o voto impresso no Brasil. Após conversar com ministros, alguns líderes partidários mudaram a composição da comissão que ia analisar a matéria no Parlamento. Parlamentares favoráveis ao voto impresso foram retirados da comissão, o que é o que resultou na derrubada da proposta.

“O Barroso foi para dentro do Congresso, mudaram os integrantes da comissão, e nós perdemos no voto o projeto do voto impresso. Houve uma interferência direta do ministro Barroso no Parlamento, o que a Constituição diz que não pode. É um crime. O Barroso é um criminoso. E depois ele vai para fora do país participar de evento sobre como derrubar presidente. Barroso, tu é um mentiroso”, disse Bolsonaro.

Bolsonaro também fez referência a uma palestra feita pelo Ministro Luís Roberto Barroso nos Estados Unidos, onde o ministro foi interrompido enquanto passava informações distorcidas sobre o voto impresso. Um dos espectadores da palestra interrompeu o ministro para afirmar que a fala de Barroso era mentirosa.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.