Sábado, 28 de Maio de 2022 17:11
63 98121-2858
Cidades Porto Nacional-TO

Campanha ‘Janeiro Roxo’ de combate e controle à Hanseníase é lançada em Porto Nacional

Durante todo o mês serão realizadas diversas ações na rede municipal de saúde

19/01/2022 15h49
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Porto Nacional
Campanha ‘Janeiro Roxo’ de combate e controle à Hanseníase é lançada em Porto Nacional

Palestras, consultas médicas e exames físicos marcaram o evento de lançamento da Campanha alusiva ao mês de conscientização e combate à Hanseníase, na Unidade Básica de Saúde Mãe Eugênia, Setor Jardim Brasília. Durante todo o mês de janeiro, diversas ações foram realizadas em toda a rede municipal de saúde de Porto Nacional, com o intuito de apoiar, tratar e fortalecer as recomendações para o diagnóstico precoce da doença e a consequente redução do número de casos na região.

Atualmente o Brasil lidera, em 2º lugar, o ranking de diagnóstico da Hanseníase, sendo a região norte do Tocantins, o 1º lugar de casos detectados da doença. Em Porto Nacional, durante o ano de 2021, mais de 700 casos da doença foram registrados em pessoas adultas e 35 ocorrências envolvendo crianças, menores de 14 anos.

De acordo com a Superintendente da Saúde, Domingas Thayse Pereira, o município conta com uma equipe especializada no tratamento e combate à Hanseníase. "Temos uma equipe totalmente especializada e capacitada para atender todos os pacientes com sintomas de Hanseníase, dentro do município, por meio do Serviço Especializado. Além disso, estamos sempre alertando a população para ficar atenta àquelas manchas que apareceram de repente e totalmente sem dor e sobre a importância de conhecermos o nosso corpo e observarmos esses sinais”, enfatizou.

Na ocasião, a médica especialista em Hanseníase de Porto Nacional, Celia Bastos Amorim, explicou que a doença é transmitida por via respiratória. “Ao contrário do que muitos acham, o bacilo é transmitido através do ar. Além disso, precisamos ter em mente que nem todo mundo que entra em contato com a Hanseníase vai desenvolver a doença, a cada 10 pessoas que aspiram o bacilo uma irá desenvolver, depende de cada sistema imunológico. Se a pessoa tem um sistema imunológico competente, muitas vezes consegue abortar a doença”. A médica especialista enfatizou ainda que o desenvolvimento da doença no organismo pode levar de 02 a 20 anos para aparecer.  “Por isso a importância de estarmos atentos aos sinais precoces da doença”, finalizou.

Hanseníase 

A Hanseníase é uma doença crônica, infecto contagiosa, cujo agente etiológico é o Mycobacterium leprae, um bacilo álcool-ácido resistente, fracamente gram-positivo, que infecta os nervos periféricos e, mais especificamente, as células de Schwann. A doença acomete principalmente os nervos superficiais da pele e troncos nervosos localizados na face, pescoço, terço médio do braço e abaixo do cotovelo, joelhos, olhos e órgãos internos. Se não tratada na forma inicial, a doença quase sempre evolui, torna-se transmissível e pode atingir pessoas de qualquer sexo ou idade, inclusive crianças e idosos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.