Sábado, 28 de Maio de 2022 17:25
63 98121-2858
Saúde Tocantins

Médicos e enfermeiros irão receber capacitação sobre manejo de pacientes com dengue, zika e chikungunya

Evento é voltado para profissionais que atuam na Atenção Básica, Média e Alta Complexidade pública e privada

24/01/2022 13h30
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
Capacitação sobre manejo de pacientes com dengue, zika ou chikungunya atualiza profissionais - Foto: Divulgação
Capacitação sobre manejo de pacientes com dengue, zika ou chikungunya atualiza profissionais - Foto: Divulgação

Profissionais médicos e enfermeiros do Tocantins terão a oportunidade de participar da capacitação “Webinar de Manejo Clínico de Dengue, Chikungunya e Zika”, promovida pelo Ministério da Saúde (MS), nesta quarta-feira, 26, em formato on-line, das 8h30 às 12 horas. A Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins convida todos os profissionais da gestão pública e privada de saúde para esta atualização, quanto ao diagnóstico e manejo adequado do paciente suspeito por arboviroses.

A técnica da gerência das Arboviroses da Secretaria de Estado da Saúde, Renata Braga, solicita aos 139 municípios tocantinenses a ampla divulgação do evento e a participação de médicos e enfermeiros que atuam na Atenção Básica, Média e Alta Complexidade (pública e privada). “Com aumento expressivo dos casos, a capacitação é primordial para melhorar o manejo dos pacientes e evitar o agravamento dos casos e óbitos”.

Participam do Webinar a médica infectologista, Melissa Falcão, que irá discorrer sobre o Manejo Clínico de Dengue, Chikungunya e Zika – sintomas, diagnósticos e estudo de caso; a assessora técnica das Arboviroses do Tocantins, Gisele Luz, que falará sobre o cenário epidemiológico do Tocantins; e o técnico da Coordenação Geral de Laboratórios do MS, Emerson Araújo, sobre a vigilância laboratorial.

Dados

Em 2022, até o momento, 27 municípios confirmaram casos de dengue no Estado, aumento de 405%, com 21 casos em 2021 contra 106 casos este ano, prevalência da circulação do vírus Denv1 e Denv2.

Já para chikungunya foi confirmado um caso em Arraias este ano. Para zika não houve confirmações em 2022 e dois casos registrados em 2021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.