Sábado, 28 de Maio de 2022 03:28
63 98121-2858
Geral Tocantins

Junta Médica do Estado apresenta Projeto Saúde Mental do Servidor para diretores regionais de educação do Tocantins

Objetivo é colocar o projeto como pauta dentro das instituições oferecendo atenção e cuidado aos servidores

24/01/2022 13h30
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
Servidores de todo o Estado podem se beneficiar de ações do projeto Saúde Mental - Foto: Angélica Lima/Governo do Tocantins
Servidores de todo o Estado podem se beneficiar de ações do projeto Saúde Mental - Foto: Angélica Lima/Governo do Tocantins

Comprometido com a oferta de instrumentos que oportunizem qualidade de vida e condições dignas no exercício do trabalho dos servidores públicos do Tocantins, a Secretaria de Estado da Administração (Secad), por meio da Junta Médica Oficial do Estado (JMOE), está ampliando as ações do projeto Saúde Mental do Servidor.

A mais recente ação do projeto foi sua apresentação durante uma reunião com todos os diretores regionais de educação do Estado, ocorrida na última sexta-feira, 21, na sede da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esporte (Seduc). Na ocasião, o psicólogo da JMOE, Flávio Barros, apresentou o projeto Saúde Mental do Servidor, suas ações e atividades previstas para 2022.

A apresentação do projeto à equipe da educação tocantinense é estratégica, já que, de acordo com dados da JMOE, o maior percentual de servidores que buscaram atendimento psicológico, nos dois primeiros anos do projeto Saúde Mental, são da Educação.

“Nosso objetivo é colocar o projeto como pauta dentro das instituições oferecendo oportunidades e instrumentos de atenção e cuidado com o servidor. Vale destacar que cuidar da saúde mental não é necessariamente estar em um tratamento com medicações ou similares, mas sim cuidar de situações e questões do cotidiano que podem levar a possíveis transtornos mentais e até mesmo ao próprio adoecimento mental”, explica Flávio Barros.

Após o início da pandemia por Covid-19, houve uma mudança drástica de hábitos em todo o mundo. Todas essas mudanças acarretaram também alterações significativas no comportamento das pessoas. “Diante da realidade pandêmica buscamos desenvolver esse projeto que, dentre outros, oferece acolhimento e ações preventivas ao adoecimento mental”, pontua o secretário estadual da Administração, Bruno Barreto.

O projeto

Iniciado em 2020, o Projeto Saúde Mental do Servidor é uma ação da Secad por meio da JMOE. Em 2022 estão previstas realização de encontros presenciais e virtuais (a depender do agravamento da pandemia por Covid-19), palestras, oficinas e atendimentos individuais.

“Atualmente, nossas maiores parcerias são com as instituições de ensino que possuem, em suas grades curriculares, os cursos de Psicologia e Assistência Social. Elas fazem as programações e nós da JMOE vamos em busca dos servidores, apresentando as atividades para que possam ocorrer as ações previstas como palestras, rodas de conversa, oficinas e os atendimentos individuais”, esclarece Flávio Mendes.

São instituições parceiras do Projeto Saúde Mental do Servidor: Ceulp/Ulbra; Universidade Federal do Tocantins (UFT); Universidade de Gurupi (Unirg); Unitepac de Araguaína, Universidade Católica de Araguaína; Itop e Universidade Estadual do Tocantins (Unitins).

Atendimentos

Os servidores interessados nas ações e serviços do Projeto Saúde Mental devem entrar em contato com o setor de Recursos Humanos do seu órgão, por meio de sua chefia imediata ou por meio da equipe da Junta Médica. Após a solicitação de atendimento será verificada a instituição parceira disponível e, em seguida, é providenciado o agendamento. Vale destacar que todos os atendimentos são gratuitos. Mais informações pelo telefone: (63) 3218-1021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.