Domingo, 07 de Agosto de 2022 18:29
63 98121-2858
Geral Geral

Conselho do Ministério Público pune promotor que chamou Gilmar Mendes de 'laxante'

Conselho do Ministério Público pune promotor que chamou Gilmar Mendes de 'laxante'

27/08/2019 09h19 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
Conselho do Ministério Público pune promotor que chamou Gilmar Mendes de 'laxante'

O colegiado do CNMP decidiu na terça-feira (27/8) aplicar a pena de censura ao promotor Fernando Krebs, de Goiás, por ter chamado o ministro do STF Gilmar Mendes de "laxante". O plenário definiu, por unanimidade, punir o promotor. Quatro dos 12 conselheiros votaram por aplicar apenas uma advertência, mas foram vencidos.

A declaração de Krebs foi dada durante uma entrevista para uma rádio. Na ocasião, ele disse: “nós temos o caso do Gilmar Mendes, que é considerado o maior laxante do Brasil. Ele solta todo mundo, sobretudo os criminosos de colarinho branco. Então, nós temos esse problema”, criticou. A declaração foi dada sobre uma série de Habeas Corpus concedidos pelo ministro nos desdobramentos da operação “lava jato”.

A pena de censura é a segunda mais branda depois da advertência. Trata-se de manifestação de reprovação por escrito e pode, em algumas circunstâncias, atrapalhar promoções na carreira. O relator do processo, conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello Filho, disse em seu voto que a declaração de Krebs atacou a imagem da Corte Suprema e transgrediu valores de ordem constitucional.

A defesa de Krebs alegou que ele respeita o trabalho do ministro Gilmar Medes e que a palavra “laxante” fazia referência a texto do colunista José Simão, da Folha de S.Paulo. Para o relator, soa contraditório chamar uma pessoa de "laxante" e, depois, afirmar que não quis ofendê-la.

Para ler o processo administrativo disciplinar clique aqui

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.