Domingo, 14 de Agosto de 2022 01:11
63 98121-2858
Geral Geral

Operação Verde Brasil combateu 1,7 mil focos de incêndios

Operação Verde Brasil combateu 1,7 mil focos de incêndios

04/10/2019 04h27 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
Operação Verde Brasil combateu 1,7 mil focos de incêndios

Dados de quase 40 dias da Operação Verde Brasil indicam a marca de 1,7 mil focos de incêndios combatidos, 73 pessoas detidas e 237 termos de infração lavrados, que resultaram na aplicação de R$ 55 milhões em multas. Desde o início da ação, em 24 de agosto, os militares destruíram 18 acampamentos ilegais, apreenderam 143 veículos e mais de 24 mil litros de combustível. Além disso apreenderam ainda escavadeiras, motosserras e moto bombas. Também embargaram mais de 12 mil hectares e revistaram 933 veículos.

Mais de 9 mil homens e mulheres atuam no combate às queimadas no âmbito da Operação Verde Brasil. A ação é executada por militares das Forças Armadas coordenados com órgãos de controle ambiental e de segurança pública, para o combate às queimadas e repressão ao desmatamento da floresta e do garimpo ilegal.

No momento, estão sendo empregados cerca de 260 viaturas, 60 embarcações, e 19 aeronaves. Durante as operações as Forças Armadas trabalham em conjunto com agências federais, estaduais e municipais, como polícias militares, civis e Corpos de Bombeiros militares das Unidades da Federação envolvidas, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional de Segurança Pública, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e Fundação Nacional do Índio (FUNAI).

Desde a instituição da Operação Verde Brasil, o Comando Conjunto Norte, responsável por coordenar as ações na região da Amazônia Oriental, empregou mais de 400 horas de voos no combate às queimadas, em reconhecimentos de áreas estratégicas e no mapeamento de focos de calor.

Quatro aeronaves chilenas voaram por 138 horas e realizaram 105 surtidas com 374 ataques aos focos de incêndio. Três delas permanecem em Palmas (TO) para auxiliar as tropas locais no combate às chamas naquela região.

Fonte: Ministério da Defesa

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.