Sexta, 20 de Maio de 2022 21:36
63 98121-2858
Mundo Número

Número de mortos em protestos no Equador chega a cinco

Número de mortos em protestos no Equador chega a cinco

10/10/2019 22h12 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
Número de mortos em protestos no Equador chega a cinco

A Defensoria Pública do Equador confirmou, nesta quinta-feira (10), a morte de um homem durante os protestos de ontem (9) contra o ajuste econômico do governo, fato que já havia sido relatado pela Confederação das Nacionalidades Indígenas (Conaie) em mensagem na qual repudiava a "repressão brutal e desmedida aos manifestantes".

Segundo a Defensoria, a vítima é um líder indígena do Conaie, que foi ferido na cabeça durante protestos em massa, que foram reprimidos pelas forças de segurança com grande quantidade de gás lacrimogêneo.

Com este caso, sobe para cinco o número de mortos nos protestos. Depois do fim de semana, um homem morreu atropelado no sul do país, quando, supostamente, tentava escapar para se proteger da repressão, e três morreram ao "cair" de uma ponte em Quito, capital do país.

Transportes se normalizam

A Empresa de Transporte de Passageiros de Quito informou que seus serviços começaram a se normalizar no início da manhã desta quinta-feira.

De acordo com a Autoridade de Trânsito Municipal de Guayaquil, as pontes da Unidade Nacional, em todas as suas seções, já estão abertas à circulação de veículos. Também os túneis e a Metrovia operam normalmente em todos os seus troncos. Um total de 840 ônibus de transporte público presta serviços aos cidadãos.

Fonte: Agência Brasil

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.