Segunda, 23 de Maio de 2022 08:51
63 98121-2858
Brasil Atuação

Atuação coordenada entre as diversas esferas de Poder fortalecem ações de defesa civil no País

Atuação coordenada entre as diversas esferas de Poder fortalecem ações de defesa civil no País

12/10/2019 04h12 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
Atuação coordenada entre as diversas esferas de Poder fortalecem ações de defesa civil no País

Neste domingo (13), é comemorado o Dia Internacional da Redução do Risco de Desastres. A data foi criada em 1989 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para chamar a atenção de todos os países para a necessidade da adoção de políticas que visem a prevenção e a mitigação de perdas humanas e danos materiais diretamente causados por desastres naturais. No Brasil, o principal articulador de ações nesse sentido é a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Desde 2012, a Sedec tem uma parceria com o Programa das Nações Unidas (Pnud) para aumentar a resiliência do País frente a eventos extremos. No âmbito da cooperação, já foram produzidos estudos e diagnósticos de áreas de risco, aconteceram rodadas de capacitação de profissionais, desenvolvidas novas metodologias e feitos intercâmbios de boas práticas com nações estrangeiras. Tudo isso para que o Brasil atinja metas internacionais como os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e o Marco de Sendai.

O secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, reforçou a importância da atuação integrada entre os órgãos das diferentes esferas de Poder para que as medidas de prevenção e mitigação sejam mais efetivas. “A Defesa Civil não deve ser vista como órgão, e sim como sistema. Muitas ações podem ser realizadas com poucos recursos a partir da participação do Poder Público com a comunidade. Se conscientizarmos os órgãos dos governos municipal, estadual e da União, cada um em sua esfera e com seu recurso, a soma desse trabalho fará com que o Brasil tenha um grande potencial de mudança”, disse.

Atenção constante

Um dos expoentes da atuação brasileira na prevenção e resposta a eventos extremos é o Centro Nacional de Monitoramento de Gerenciamento de Risco de Desastres (Cenad). O órgão, ligado ao MDR, é o responsável pelo gerenciamento de ações preventivas e mobilização de recursos humanos para atuar em ocorrências. O Cenad funciona 24 horas por dia, sete dias por semana, para garantir a segurança de todo o território brasileiro em caso de desastres naturais.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Regional

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.