Sexta, 19 de Agosto de 2022 11:35
63 98121-2858
Geral Geral

Projeto do Ministério da Justiça e Segurança Pública agiliza leilões de bens apreendidos de traficantes. Veja o vídeo

Projeto do Ministério da Justiça e Segurança Pública agiliza leilões de bens apreendidos de traficantes. Veja o vídeo

16/10/2019 13h37 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
Projeto do Ministério da Justiça e Segurança Pública agiliza leilões de bens apreendidos de traficantes. Veja o vídeo

Para virar a página da burocracia, o Ministério da Justiça e Segurança Pública lança, nesta terça-feira (15) o Projeto Check In - um sistema virtual que vai permitir a inclusão de dados sobre bens apreendidos pelas polícias de todo o Brasil. A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD) atuará, com o importante auxílio dos estados e do Distrito Federal para atualizar o banco de dados que vai agilizar a localização e a venda de bens apreendidos do tráfico de drogas. A previsão é de que, até o fim do ano, sejam arrecadados R$ 100 milhões para o Fundo Nacional Antidrogas (FUNAD) com os leilões desses e de outros bens.

Segundo o Secretário Nacional de Políticas sobre Drogas, Luiz Roberto Beggiora, esses valores devem ser aplicados imediatamente nas políticas públicas relacionadas à prevenção do uso de drogas e repressão ao tráfico. “Com a colaboração dos agentes das polícias de todo o país no preenchimento das informações, será possível fazer a alienação de forma mais rápida e devolver à sociedade os recursos provenientes da venda de bens obtidos pelo enriquecimento ilícito, oriundo do narcotráfico”, afirma Beggiora.

Milhares de veículos, carros populares e de luxo permanecem há vários anos em pátios aguardando a sua alienação. A partir das informações inseridas no portal do projeto Check In, será possível localizar tais bens, evitando sua deterioração e perda de valor, além de proporcionar a economia aos cofres públicos com manutenção dos pátios. Além disso, de 20% a 40% dos recursos provenientes da venda dos bens retornarão para a polícia responsável pela apreensão.

Fonte: Ministério da Justiça e Segurança Pública

https://www.youtube.com/watch?v=C2BBXiEkJ1Y
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.