Sábado, 25 de Junho de 2022 22:41
63 98121-2858
Geral Geral

Manobras da ala bivarista do PSL poderiam comprometer a reeleição de Bolsonaro

Manobras da ala bivarista do PSL poderiam comprometer a reeleição de Bolsonaro

20/10/2019 15h51 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
Manobras da ala bivarista do PSL poderiam comprometer a reeleição de Bolsonaro

Os acontecimentos da última semana revelaram o caráter e a lealdade (ou falta dela) de alguns membros do partido de Bolsonaro, ligando um sinal de alerta no Planalto. Caso permaneça no PSL sem ter 100% do controle do partido, o presidente Jair Bolsonaro poderá ter sua reeleição comprometida.

Isso porque a legislação eleitoral brasileira estabelece que o prazo para mudança de partido termina seis meses antes do pleito.  Já a convenção partidária que define o nome dos candidatos partido para a disputa presidencial ocorrerá há apenas dois meses antes da disputa.

Caso a ala bivarista do PSL manobre contra Bolsonaro no momento da convenção, retirando seu nome da disputa no último momento, ele não teria tempo para conseguir uma nova legenda e concorrer em 2022.

Bolsonaro precisa de uma legenda de sua inteira confiança. Por isso, mais do que nunca, o presidente precisa demonstrar sua força política e seu poder de articulação para garantir domínio sobre o PSL, ou então, iniciar a criação de uma nova legenda bolsonarista patriótica que lhe garanta condições que ele necessita.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.