Sexta, 20 de Maio de 2022 21:13
63 98121-2858
Geral Geral

Polícia prende ambientalistas suspeitos de atear fogo em floresta no Pará

Polícia prende ambientalistas suspeitos de atear fogo em floresta no Pará

27/11/2019 09h40 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Polícia prende ambientalistas suspeitos de atear fogo em floresta no Pará

A Policia Civil do Pará prendeu suspeitos de incendiar uma região amazônica do Pará em setembro deste ano. As prisões ocorreram após dois meses de investigação.

A operação ‘Fogo de Sairé‘, nome dado a investigação, acarretou em sete mandatos de busca e apreensão.

Quatro suspeitos que pertemcem a uma ONG ambientalista foram presos preventivamente. São eles Daniel Gutierrez Govino, João Victor Pereira Romano, Gustavo de Almeida Fernandes e Marcelo Aron Cwerver.

Os suspeitos itegram aONG ‘Brigada de Incêndio de Alter do Chão‘. A organização, segundo José Humberto Melo Jr., delegado da Polícia Civil, já recebeu doações do ator Leonardo di Caprio.

“Começamos a acompanhar toda a movimentação dos quatro suspeitos. Percebemos que a pessoa jurídica deles conseguiu um contrato com a WWF, venderam 40 imagens para a WWF para uso exclusivo por R$ 70 mil, e a WWF conseguiu doações como do ator Leonardo DiCaprio no valor de US$ 500 mil para auxiliar as ONGs no combate às queimadas na Amazônia.”

Em nota, a ONG disse estar surpresa com o ocorrido e acredita no “Estado Democrático de Direito e espera assim como todos os que estão acompanhando, o mais rápido esclarecimento dos fatos”.

Com informações do portal Terra.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.