Sexta, 19 de Agosto de 2022 12:15
63 98121-2858
Geral Geral

O líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB), destacou os avanços na economia obtidos por Bolsonaro em seu primeiro ano no Palácio do Planalto.

O líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB), destacou os avanços na economia obtidos por Bolsonaro em seu primeiro ano no Palácio do Planalto.

04/02/2020 18h56 Atualizada há 3 anos
Por: Redação
O líder do Governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB), destacou os avanços na economia obtidos por Bolsonaro em seu primeiro ano no Palácio do Planalto.

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) listou em Plenário, nesta terça-feira (4), os avanços obtidos pelo governo Bolsonaro na economia. Ele destacou o aumento dos investimentos, a redução da dívida pública, a criação de 640 mil empregos com carteira assinada, sublinhando ainda as menores taxas de juros e de inflação da história.

— O desemprego recuou para 11% entre outubro e dezembro do ano passado, a menor taxa do período desde 2015, segundo dados do IBGE. Já os investimentos públicos somaram R$ 56 bilhões, aumento de 6% em relação a 2018. Os resultados positivos também foram observados na trajetória da dívida pública. Em 2019, o endividamento do Brasil recuou pela primeira vez nos últimos seis anos. A estimativa, é de que o país economize R$ 400 bilhões com o pagamento de juros da dívida até 2022 — afirmou o senador,

Líder do governo no Senado, o parlamentar afirmou que o Congresso é copartícipe nessas ações, por ter aprovado reformas prioritárias de ajuste fiscal para o Brasil. Na sua opinião, o ajuste fiscal é decisivo para o equilíbrio das contas públicas, permitindo a retomada dos investimentos, a geração do emprego e o crescimento econômico.

Fernando Bezerra disse também que, ao organizar as contas públicas, o governo abre espaço no Orçamento da União para alocar mais investimentos em habitação, hospitais, postos de saúde, escolas, estradas e obras de saneamento.

— Só assim construiremos um país mais igualitário, mais fraterno e mais solidário. E tenho certeza, acrescentou, que o Congresso Nacional, mais uma vez, dará a sua contribuição para o reencontro do Brasil com a sua trajetória de desenvolvimento — afirmou.

Fonte: Agência Senado

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.