Sexta, 20 de Maio de 2022 20:35
63 98121-2858
Geral Geral

Comissão delibera sobre isenção de ICMS na compra de armas de fogo por policiais

Comissão delibera sobre isenção de ICMS na compra de armas de fogo por policiais

19/02/2020 15h13 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Comissão delibera sobre isenção de ICMS na compra de armas de fogo por policiais

A Comissão de Finanças, Tributação, Fiscalização e Controle deliberou na manhã desta quarta-feira, 19, sobre diversas matérias, dentre elas a que propõe isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), na aquisição de armas de fogo e munições adquiridas por agentes de segurança pública, ativos, inativos e da reserva. A matéria visa ainda a conceder o mesmo benefício aos fiscais ambientais do Estado, como os que servem ao Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins).

Aprovada na Comissão, a matéria é de autoria da deputada Luana Ribeiro (PSDB), a qual foi anexada a outros dois projetos semelhantes, um do deputado Olyntho Neto (PSDB) e outro de Jorge Frederico (MDB).  Após a deliberação da Comissão de Finanças, a propositura foi encaminhada para a de Defesa do Consumidor.

Outras matérias

Para esta comissão foi enviada também a matéria de autoria do presidente da Casa, deputado Antonio Andrade (PTB), revogando a Resolução nº 286, de 17 de fevereiro de 2011, referente a verbas de gabinete. Ainda para a Comissão de Defesa do Consumidor foi encaminhada a Medida Provisória 28/2019, que altera a Lei 3.422, de março de 2019, que dispõe sobre contratação de pessoal no Governo do Estado e sobre um projeto do Tribunal de Justiça referente a cargas horárias nas contratações temporárias do Judiciário.

Já para a Comissão de Educação seguiram matérias como a de Claudia Lelis (PV), que institui a Semana de Conscientização e Proteção dos Direitos dos Animais, e uma de autoria de Leo Barbosa (Solidariedade), que dispõe sobre a criação de memorial em homenagem aos policiais e bombeiros mortos em serviço.

Ainda para a Comissão de Educação foi destinado projeto que visa a instituir o “Título de Cidadania Benemérito Senador João Ribeiro”, proposta pela parlamentar Luana Ribeiro, filha do parlamentar homenageado in memoriam.

Na mesma reunião foram definidos relatores para matérias como a de autoria da deputada Vanda Monteiro (PSL) sugerindo isenção da taxa de baixa de alienação de veículos, a qual será relatada por Amélio Cayres (Solidariedade), e a de Fabion Gomes (PL), que visa a anular a nomeação para cargos públicos de pessoas condenadas por crimes sexuais contra crianças ou adolescentes, que ficou com a relatoria de Ivory de Lira (PCdoB).

Fonte: Assembleia Legislativa do Tocantins

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.