Domingo, 07 de Agosto de 2022 20:09
63 98121-2858
Geral Geral

Foi dado o 1º passo para o acordo de livre comércio com os EUA, afirma Bolsonaro

Foi dado o 1º passo para o acordo de livre comércio com os EUA, afirma Bolsonaro

10/03/2020 17h01 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Foi dado o 1º passo para o acordo de livre comércio com os EUA, afirma Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro participou, nesta terça-feira (10), da sessão de abertura da Conferência Internacional Brasil-Estados Unidos: um novo prisma nas relações de parceria e investimentos, organizada pelo Fórum das Américas, em Miami, EUA. Durante seu discurso, destacou que Brasil e Estados Unidos deram o primeiro passo para o acordo de livre comércio entre os dois países.  

“Como conversei com o senhor Donald Trump, no último sábado, há um interesse de começarmos a discutir uma política de livre comércio entre Brasil e Estados Unidos. Isso, no meu entender, é fantástico para todos nós. Nós estamos demonstrando que queremos, sim, o livre comércio, que a livre iniciativa se faça presente nesses momentos”, disse Bolsonaro. Na saída do evento, o presidente foi questionado sobre o acordo de livre comércio. Aos jornalistas, disse que "foi dado o primeiro passo. Discutimos as questões pontuais de interesse dos norte-americanos, como etanol e carne de porco, e eu pedi para ele que deixássemos as questões pontuais e discutíssemos de forma mais ampla. Ele concordou e então as nossas assessorias irão começar a discutir um acordo comercial mais amplo", disse Bolsonaro.

A aproximação bilateral representa uma mudança nas relações EUA-Brasil e começou ao longo de 2019, quando o presidente Donald Trump recebeu Bolsonaro na Casa Branca. Esta é a quarta vez que o Bolsonaro viaja aos Estados Unidos após tomar posse.

Ainda em sua exposição ao público de empresários, o presidente destacou avanços na economia brasileira e na agenda de reformas. “Nós queremos transformar o País. Hoje em dia, somos um dos países mais difíceis ainda de se fazer negócio. Vamos simplificar tudo isso daí”, disse. “Restabeleceremos de vez a confiança do Brasil junto ao mundo. Assim sendo, eu sei que a vontade, a certeza e a garantia de os senhores em investir no Brasil serão muito fortes, para o bem dos nossos países", completou.

Durante sua visita aos Estados Unidos, entre os dias 7 e 10 de março, o líder brasileiro foi recebido em um jantar oferecido pelo presidente americano, Donald Trumpassinou acordo bilateral na área de defesa; e participou de um seminário com 300 lideranças empresariais e formadores de opinião nos EUA e no Brasil.

O último compromisso da agenda presidencial nos EUA será na tarde desta terça-feira, quando ele visitará a unidade da Embraer em Jacksonville, Flórida, onde é fabricada a aeronave Super Tucano A-29, um dos produtos de maior referência no mercado de segurança e defesa produzido pela empresa.

Fonte: Agência Brasil

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.